Dr. Alex Fernando se pronuncia sobre os ataques que tem sofrido nas redes sócias: *minha trajetória como pessoa pública e liderança política fala por si, diferente dos meus algoz.

sábado, 20 de fevereiro de 2021


 Dr. Alex Fernando tem sofrido ataques nas redes sociais por parte de um grupo encabeçado por uma das codeputada das Juntas, insatisfeitos com sua saída brusca do Psol. 

Questionado sobre esses ataques que vem sofrendo nas redes sociais, o Dr. Alex Fernando disse o seguinte: “minha avó já dizia, ninguém joga pedra em árvore que não dar frutos. Quando alguém ou alguns querem muito holofote, nós tiramos as tomadas para apagar de vez as luzes. Não vou entrar aqui no mérito das acusações, só posso dizer que são levianas, e tem cunho exclusivamente político. É uma tentativa de queimar minha imagem perante a sociedade surubinense, mas estou de consciência tranquila, dormindo feito anjo quando coloco minha cabeça no travesseiro, não há coisa melhor!. Eu não vou me preocupar em fazer autodefesa, quem me conhece bem sabe de minha conduta, sou pessoa pública bem conhecida na cidade, deixo que as pessoas me avaliem, não tenho problemas com isso. Todos esses ataques, “mimimi”, como diz os apoiadores da direita, é só uma cortina de fumaça para cobrir o real motivo, que foi a aglomeração promovida no último domingo (14/02/2021) na sede do Psol Surubim, sem minha autorização pela codeputada surubinense, seus assessores e apoiadores desrespeitando o Decreto Lei 50.077 do Governo do Estado. Contra fatos não há argumentos!. O inquérito pelo flagrante está na delegacia para todos verem, todos foram enquadrados no artigo 268 do Código Penal Brasileiro”. 


Perguntado como ele se sente com todos esses ataques e tentativa de “cancelamento”, já que em dado momento, as pessoas que hoje o ataca, são os mesmos, em sua maioria, que ele defendia com unhas e dentes a pouco tempo atrás. ele disse o seguinte: “Claro que fico triste com tudo isso, dediquei 13 anos da minha vida ao partido, fui um dos fundadores na cidade de Bom Jardim, e desde 2016 estive a frente do diretório do Psol Surubim, tendo me dedicado não só a boa administração do partido, ao crescimento através do diálogo com outras lideranças da cidade, como aos filiados, apoiadores e minha diretoria como se fossem da minha família, até minha casa frequentavam e a minha mesa sentavam, mas não dar pra se esperar muito das pessoas, veja o exemplo de Jesus Cristo, até ele foi condenado e crucificado, quanto mais eu, um simples mortal, que luto todos os dias para ter um lugar à sombra. Já passei fome e sede, já fui humilhado de todas as formas possíveis e imagináveis, essa situação não é diferente, mas tenho fé que o GRANDE CRIADOR do universo tudo está vendo, e no momento certo dará a César o que é de César. E só para deixar claro, legalmente ainda sou o presidente do PSOL, não porque eu quero, mas porque tem-se um procedimento para a desfiliação, principalmente no meu caso que sou Presidente do Diretório de Surubim e Membro do Diretório Estadual, conforme certidão emitidas hoje pelo TSE. Mas, assevero que até final do mês todos esse processo terá sido concluído. Será um grande alívio para me depois de todas as injustiças que tenho sofrido”.


De verdade, é lamentável toda essa situação, assim como todos que fazem esse blog, muitos conhecem o Dr. Alex Fernando pelo serviço já prestado a Surubim e até região, inúmeras foram as vezes que noticiamos aqui suas lutas e conquistas em prol do povo. Ao Dr. Alex Fernando, toda nosso apoio e solidariedade!

Pré-candidato a deputado estadual, Dr. Valdi Sales , articula a base política pensando nas eleições de 2022.

 


Trabalhando com intuito de reconquistar uma cadeira na assembleia legislativa de Pernambuco (ALEPE), o médico doutor Valdi Sales, esteve reunido essa semana com amigos e simpatizantes ao seu projeto político, do distrito de São Domingos e do município de Toritama, na cidade de Santa Cruz do Capibaribe.

O encontro aconteceu em um restaurante da terra da sulanca. O médico que foi vereador e prefeito por dois mandatos no município do "Ouro Branco" Vertente do Lério, também disputou à prefeitura do Surubim nas eleições municipais de 2020, não logrando êxito em mais uma tentativa sua para administrar a terra da vaquejada.

Doutor Valdi chegou ao cargo de deputado estadual por um mandato e atualmente é suplente. Pensando na possibilidade de novamente ser representante do povo na alepe, ele se coloca a disposição como pré-candidato em busca de um novo mandato na assembleia legislativa.

Fonte: Blog Do Sérgio Ramos

Relator diz que BC autônomo vai aumentar nota de crédito do Brasil

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021




 Silvio Costa Filho: a autonomia do BC é um sinal ao mercado internacional de que estamos melhorando as nossas ferramentas da economia

O relator do projeto de autonomia do Banco Central (PLP 19/19), deputado Silvio Costa Filho (Republicanos-PE), afirmou ter “extrema convicção” de que a medida vai melhorar a nota do Brasil em relação aos investidores internacionais. “Isso vai dar ao País um novo padrão de governança monetária, um sinal fundamental ao mercado internacional de que nós estamos melhorando as nossas ferramentas da economia”, disse.

Silvio Costa Filho disse que debateu o projeto com o Ministério da Economia e com os canais institucionais de participação popular e que decidiu recomendar a aprovação do texto encaminhado pelo Senado, sem mudanças.


O projeto de autoria do Senado define mandatos do presidente e diretores de vigência não coincidente com o mandato de presidente da República. Diretores e o próprio presidente da autarquia, que terá natureza especial e desvinculada de qualquer ministério, não poderão ser responsabilizados pelos atos realizados no exercício de suas atribuições se eles forem de boa-fé e não tiverem dolo ou fraude.


A regra se aplica ainda aos servidores e ex-servidores das carreiras do banco e aos ex-ocupantes dos cargos da diretoria. “Tenho plena convicção de que, quando aprovarmos a autonomia do Banco Central, as agências de risco irão melhorar a nota de risco do Brasil, atraindo investidores ao País”, disse o relator.


Fonte: Agência Câmara de Notícias

Com auxílio emergencial na pauta, CMO deve ser instalada nesta quarta

 


A Comissão Mista de Orçamento (CMO) será instalada nesta quarta-feira (10), informou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, informou, após a reunião de líderes. Ele explicou que a ideia é criar uma comissão com tempo mais curto de duração somente para votar a proposta orçamentária de 2021, que não foi votada no ano passado.

O Projeto de Lei 29/21 prorroga por quatro meses, a contar de 31 de dezembro de 2020, o auxílio emergencial pago ao trabalhador informal em virtude da pandemia de Covid-19. O valor mensal do benefício será de R$ 600. A proposta, que tramita na Câmara dos Deputados, altera a Lei 13.982/20, que criou o auxílio. Com exceção dos lotes residuais, o benefício foi extinto oficialmente em janeiro de 2021.

Autor do projeto, o deputado José Guimarães (PT-CE) afirma que o próprio governo federal reconhece que a recessão econômica e o desemprego ainda se estenderão pelos próximos meses, motivo pelo qual, segundo ele, é preciso manter o socorro aos mais necessitados.



PSOL PERDE SUA MAIOR LIDERANÇA NA CIDADE DE SURUBIM, DR. ALEX FERNANDO DEIXA O PSOL DEPOIS DE 13 ANOS

                                 

 É inegável que o PSOL possui grandes quadros a nível Nacional, Estadual e Municipal, mas também tem grande dificuldade de manter esses quadros em suas fileiras por muito tempo. No dia de hoje, o Dr. Alex Fernando, ex-candidato a Prefeito de Surubim nas ultimas eleições, advogado especialista em direito público, e grande liderança local, noticiou a imprensa que comunicou ontem (08/02/2021) ao Presidente do PSOL Pernambuco, sua saída definitiva do PSOL, consequentemente, sua renúncia ao cargo de diretor do PSOL Estatal e da Presidência do diretório do PSOL em Surubim. 

Em entrevista, informou que sai do PSOL com a consciência limpa, com a sensação de dever cumprido, fez tudo que podia para colocar o PSOL no cerne do diálogo com outras lideranças políticas visando o bem comum. “Sempre fez oposição séria e com respeito, mas também sempre defendi o diálogo como ponte para a implementação das políticas públicas voltadas para nossa população, sem personalização de figuras públicas ou agremiações partidárias”.

Segundo ele, infelizmente o PSOL ainda está muito preso a pautas unicamente identitárias e ideológicas, não evoluíram ainda para discussão de classe, erram muito nas estratégias políticas, principalmente nas cidades de interior, onde a dinâmica é totalmente diferente das capitais. “Vejo o PSOL como um partido com grande potencial, mas é preciso uma autocrítica, uma avaliação mais profunda, principalmente das direções municipais. Sou grato pelo acúmulo político que o PSOL me proporcionou nesses 13 anos de convivência, mas é um ciclo que se fecha, e ora de seguir em frente”. 

Dr. Alex Fernando, que também foi assessor das Codeputadas do coletivo JUNTAS, representando diretamente a Codeputada Joelma Carla, de Surubim, quando perguntado se houve algum motivo específico para sua saída, já que é de conhecimento público que ele também deixou assessoria, ele respondeu prontamente: “não, nada específico!, só não tinha mais sentido estar na assessoria se não estava mais no mesmo grupo político. A Codeputada Joelma Carla, assim como outros e outras do partido são lideranças natas, com grande potencial, torço por eles. No caso da Codeputada Joelma Carla, torço mais ainda, principalmente que ela priorize mais a cidade de Surubim e o diálogo com outras lideradas políticas e de base da cidade para favorecer os surubinenses em políticas públicas de interesse geral. 

Estive na direção do partido do final de 2016 até o presente momento, de lá pra cá é inegável o crescimento do partido, em todos os aspectos, mas como disse os entraves internos, a falta de estratégia política e indisposição de alguns dificulta o crescimento contínuo do partido nesse momento, por isso, fui obrigado a encerrar esse ciclo. Saem junto comigo um grupo de filiados, os quais formam meu grupo político. Estaremos fazendo política a todo tempo, até decidir para que partido vamos, afinal, eu deixo o PSOL e não a política”.

Infelizmente o PSOL perde um grande quadro, talvez a maior liderança já vista no PSOL Surubim até o momento, devido sua ampla capacidade de diálogo fora do seu ciclo e articulação política, para além da capacidade técnica. De toda sorte, sucesso ao Dr. Alex Fernando nessa nova caminhada.



Ana Célia divulga secretariado para segunda gestão em Surubim

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

 


Prefeita reeleita de Surubim, Ana Célia (PSB) divulgou nessa quarta-feira (30) o secretariado para sua segunda gestão. O anúncio contou com novos nomes, porém, outros foram mantidos no primeiro escalão. Mudanças foram registradas nas secretarias municipais de Agricultura e Desenvolvimento Econômico; Defesa Social e Consumidor; Educação e Cultura; e Infraestrutura. A socialista também fez alterações no comando da Chefia de Gabinete; Controle Interno; e Controle Urbano, além da Procuradoria Municipal.

Para o mandato 2021-2024, Ana manteve os mesmos secretários de Administração; Finanças; Saúde; Assistência Social e Direitos Humanos; e Juventude e Esportes. “Essas mudanças têm o objetivo de oxigenar e dar um novo ímpeto às ações das secretarias. Mudam as peças, mas não muda o compromisso da gestão com o bem-estar e a qualidade de vida da população”, comentou a gestora da Terra da Vaquejada. Confira abaixo os cargos e os respectivos secretários:

 

 Administração e Gestão - Danusa Piancó

Agricultura e Desenvolvimento Econômico - Denny Lapenda

Infraestrutura e Controle Urbano - Ana Paula de Assis

Assistência Social e Direitos Humanos - Penélope Andrade

Controle Interno - Milton Campos

Defesa Social e Consumidor - Carlos Maurício

Educação e Cultura - Aucimere Silva

Finanças - Eduardo Barros

Chefe de Gabinete - Davi Magalhães

Juventude e Esportes - Aniervson Souza

Procuradoria - Frederico Guilherme

Saúde - Thyago Belo

Com pandemia, suspensão de pagamentos do Fies e do mínimo de dias letivos são destaques Fonte: Agência Câmara de Notícias


 Durante a pandemia, a Câmara dos Deputados adaptou seu sistema de votação em Plenário para viabilizar a tramitação de projetos que ajudaram no enfrentamento do novo coronavírus, que já vitimou mais de 190 mil pessoas no Brasil. A aprovação do PL 1079/20, do deputado Denis Bezerra (PSB-CE), pelo Plenário, suspendeu os pagamentos dos estudantes ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) em razão do estado de calamidade pública. A matéria foi transformada na Lei 14.024/20.

Têm direito à suspensão dos pagamentos os estudantes em dia com as prestações do financiamento e aqueles com parcelas em atraso por, no máximo, 180 dias, contanto que fossem devidas até 20 de março de 2020, pois a partir dessa data contam com suspensão. O texto revoga o parcelamento atual de débitos antigos perante o Fies e cria um novo, com regras semelhantes. No caso de quitação integral, até 31 de dezembro de 2020, haverá redução de 100% dos encargos moratórios. Na regra atual, a redução é de 50% desses encargos. Se houver a quitação em quatro parcelas semestrais até 31 de dezembro de 2022 ou em 24 parcelas mensais o estudante terá direito a redução de 60% dos encargos moratórios. O parcelamento começa em 31 de março de 2021.

Outra alternativa é o parcelamento de 145 ou 175 parcelas mensais e sucessivas, com redução de 40% e 25%, respectivamente. Mas esses pagamentos começam a partir de janeiro de 2021. ,Com o objetivo de permitir ao governo reforçar o fundo de garantia do Fies, a proposta autoriza a União a colocar mais R$ 1,5 bilhão no Fundo Garantidor do Fies (FG-Fies), no qual podem ser alocados até R$ 3 bilhões atualmente.


Fonte: Agência Câmara de Notícias

996 casos graves confirmados no Agreste, 711 na Mata Sul e 1.115 no Sertão

                                

Chegou a 222.166 o número de casos confirmados do novo coronavírus em todo o estado de Pernambuco. Destes, 3.996 casos graves foram confirmados no Agreste, 711 na Zona da Mata Sul e 1.115 no Sertão, nos municípios que fazem parte da área de cobertura do G1 Caruaru e Região. No total 9.654 mortes foram confirmadas pelo novo coronavírus. Os recuperados totalizam mais de 187.955 mil pessoas.



Em Caruaru, no Agreste, a prefeitura confirma 13.169 casos da doença, com 12.667 recuperados e 401 mortos. O número é diferente do divulgado pela SES porque, conforme informou a Secretaria Municipal de Saúde, os hospitais locais fazem os testes e encaminham os resultados para a prefeitura. Em seguida, a gestão municipal passa os dados para o Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), que valida os resultados. Devido à alta demanda do Lacen, essa validação demora a sair.

Últimas Postagens

Facebook

Arquivo do blog

Visualizações de página