Ministro diz que Brasil pode assinar acordo para produzir vacina de Oxford nesta semana

terça-feira, 23 de junho de 2020


O ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, disse, nesta terça-feira (23), que o governo deve assinar um acordo ainda nesta semana para produzir no Brasil a vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela biofarmacêutica AstraZeneca.

A declaração ocorreu em audiência pública em comissão do Congresso com deputados e senadores. "Estamos fechando com a Casa Civil a assinatura e o compromisso de participação do Brasil. Estamos em ligações paralelas com a universidade e a AstraZeneca bem adiantadas, envolvendo a Fiocruz e a BioManguinhos. A Casa Civil está analisando a assinatura para os próximos momentos, hoje ou amanhã, ainda nesta semana", disse.

Segundo ele, o ministério já identificou 15 iniciativas promissoras de desenvolvimento de vacinas e, após análise, decidiu trabalhar com três delas. Além de Oxford, entram na lista uma americana e outra chinesa, relata. "É o objetivo número um do SUS que a gente tenha acesso e entrada direto junto à estrutura de fabricação, para que a gente não perca o bonde e possamos ter a liberdade de fabricar vacina. Na América Latina, só o Brasil tem essa competência de fabricação com Biomanguinhos, e não podemos ficar de fora", disse.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página