PE: homicídios voltam a aumentar em meio à pandemia

sábado, 16 de maio de 2020


Em abril, os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) aumentam 3,2% em Pernambuco em comparação com o mesmo período em 2019, divulgou a Secretaria de Defesa Social (SDS). Mesmo com o isolamento social que diminuiu o fluxo de pessoas nas ruas, foram 320 mortes registradas no último mês contra 310 em abril do ano anterior. 

 No quadrimestre de 2020, o estado soma 1311 vítimas, número 8,6% maior que as 1207 do intervalo entre janeiro e abril de 2019. Segundo o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, o tráfico de drogas continua sendo a grande motivação dos homicídios. 

 "Em não havendo o pagamento das dívidas de entorpecentes, por meio de roubos e furtos de objetos como os celulares, o preço cobrado é a vida. Estamos enfrentando um cenário de vulnerabilidade social, em que todo o efetivo de segurança está se desdobrando para proteger a população do avanço da Covid-19 e garantir a ordem e a paz social. Já mapeamos essa atuação de grupos criminosos e estamos atacando a raiz do problema para retomar a queda dos CVLIs, assim como temos mantido a longa curva descendente dos roubos e furtos no Estado. Quem tirou a vida de alguém, se ainda não foi capturado, será em breve. É também importante ressaltar que, em um panorama nacional de significativo aumento da violência, em alguns estados acima de 50%, Pernambuco tem mantido registros próximos aos de 2019, quando houve uma importante redução em todos os seus meses", disse o secretário.

 Os municípios do Agreste e Sertão terminaram abril com redução dos homicídios. O Agreste teve uma queda de 10,13% (caindo de 79 mortes em 2019 para 71 neste ano) e o Sertão, de 2,86% (35 assassinatos em 2019 e 34 em 2020). A Zona da Mata manteve os números de CVLI inalterados, 72 crimes do tipo nos dois anos. Na Região Metropolitana, com exceção do Recife, ocorreram 8,14% mais mortes (de 86 para 93). A capital somou 50 homicídios no mês passado, o que representa um aumento de 31% com relação a abril do último ano, que teve 38 casos.

 Ainda em abril, 78 acusados de homicídio foram presos em flagrante no estado. Outros 55 acabaram presos por força de mandados de prisão, resultando em 133 prisões de acusados de homicídio.

Os casos de feminicídio aumentaram 75% em Pernambuco. No mês passado houve sete casos confirmados. No mesmo período em 2019, haviam sido quatro mortes.

A SDS contabilizou redução de 25,45% nas queixas de violência doméstica. Houve registro de 3466 denúncias em abril do ano passado contra 2584 no mesmo mês deste ano. 

 As denúncias de estupro caíram 27,57%. Elas passaram de 185 em abril de 2019 para 134 no mês passado.

Fonte: Leia Já
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página