Compensa instala lavatórios de mãos públicos em mais uma ação social de combate ao Coronavírus no estado

sexta-feira, 29 de maio de 2020

O combate à pandemia do coronavírus segue como prioridade para a Compesa e a Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos, pasta à qual a estatal é vinculada. Após anunciar na última semana um pacote de ações sociais que integra o plano emergencial do Governo do Estado, a Companhia iniciou hoje (29) mais uma ação voltada para a população com o objetivo de minimizar a disseminação da Covid-19. Agora, serão instalados 38 lavatórios de mãos públicos em 16 municípios, do Recife ao interior do Estado, todos produzidos com mão de obra própria e com materiais reaproveitados nas unidades da Compesa.


 A primeira unidade foi instalada na tarde de ontem (28) no Mercado da Encruzilhada. Hoje (29) foi a Mercado de Água Fria, também no Recife, e ainda duas unidades em Petrolina, nos bairros Centro e Jose e Maria. Na próxima segunda (01), os contemplados são os mercados de Casa Amarela e Nova Descoberta, e a semana segue com a colocação dos lavatórios no Cordeiro, Várzea, Engenho do Meio, Arruda e Alto do Deodato.

 A ação é fruto de um convênio entre a Compesa e o Ministério Público do Trabalho de Pernambuco (MPT). Por meio da iniciativa, serão disponibilizados lavatórios localizados próximos às lotéricas, mercados públicos, feiras livres e bancos. Os equipamentos funcionarão por meio de um mecanismo de acionamento automático, evitando o contato direto do usuário com a pia, o que torna a lavagem das mãos ainda mais eficaz. Os novos lavatórios estarão ligados diretamente na rede de água da Compesa e próximos às caixas coletoras de esgoto para o correto descarte e proteção do meio ambiente.

 Na primeira etapa estão previstas a instalação de 23 lavatórios nas cidades de Garanhuns, Salgueiro, Petrolina, Arcoverde, Pesqueira, Cupira, Belo Jardim, Serra Talhada, Afogados da Ingazeira, Caruaru, Bonito, Paudalho, Limoeiro, Tamandaré, Ouricuri. Na capital, por meio de pareceria com a Prefeitura do Recife, serão contempladas com 15 unidades, ao longo dos próximos dias, as localidades de Casa Amarela, Nova Descoberta, Beberibe, Afogados, Encruzilhada, Água Fria, Campo Grande, Cordeiro, Várzea, Engenho do Meio, Jordão, Ibura UR-1, Arruda e Alto do Deodato.

 A escolha dos pontos de instalação foi baseada em um mapeamento da Compesa nos centros urbanos mais movimentados. “Com esta ação estamos nos preparando para a retomada das atividades nesta nova realidade de vida. Nosso objetivo é equipar esses espaços públicos, proporcionando que as pessoas utilizem os lavatórios para higienização, uma medida simples, mas eficaz para reduzir o contágio da doença”, avalia a presidente da Compesa, Manuela Marinho que completa. “Estamos incansáveis buscando cada vez mais soluções para levar água para as pessoas”. 

 AÇÕES DE COMBATE À COVID – Na última semana, a Compesa lançou duas importantes ações sociais contemplando a população da Região Metropolitana do Recife (RMR). Em uma parceria com as secretarias estaduais de Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura e Recursos Hídricos, a Companhia está instalando pias de higienização em 22 terminais integrados de passageiros. Até o momento, o total de 14 (Cajueiro Seco, Joana Bezerra, Prazeres, Aeroporto, Tancredo Neves, Recife, Barro, Pelópidas Silveira, Macaxeira, Caxangá, Getúlio Vargas, CDU, PE-15 e Xambá) já estão com as pias em pleno funcionamento e os demais (Camaragibe, Cosme Damião, Abreu e Lima, Igarassu, Cabo, Jaboatão, TIP, Rio Doce) serão contemplados nos próximos dias.

 Já em parceria com o Grupo Tigre, por meio do seu Instituto Carlos Roberto Hansen, e a FortLev, a Companhia está realizando a entrega de 800 caixas d’água que estão sendo distribuídas gratuitamente nas áreas com maior incidência de casos da Covid-19 da RMR, contemplando famílias de baixa renda e em situação de vulnerabilidade social. Já foram beneficiados moradores do Recife (Brejo da Guabiraba, Jordão, Ibura, Macaxeira, Nova descoberta, Vasco da Gama e Totó), Olinda (Águas Compridas, Aguazinha, Alto Nova Olinda, Passarinho e Vila Popular), Camaragibe (Alberto Maia), São Lourenço de Mata (Capibaribe) e Jaboatão dos Guararapes (Socorro e Vista Alegre). 

 Tais medidas se somam ao pacote de ações emergenciais lançado em março pela Companhia. A primeira medida adotada foi a suspensão da cobrança da conta para os 120 mil usuários enquadrados na tarifa social, além da ampliação da produção do Sistema Tapacurá em 500 litros por segundo. Além disso, a Compesa já contabiliza a distribuição de 98 milhões de litros de água por meio de carros pipa para áreas desabastecidas em 82 municípios pernambucanos, contemplando o total de 420 localidades. Outro destaque é o pacote de obras emergenciais de pequeno e médio portes para otimizar a distribuição de água da RMR e interior, além da redução do rodízio em mais de 40 municípios pernambucanos devido às últimas chuvas na região, que recuperou o volume de água de importantes mananciais.

Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página