Moro deixa governo e acusa Bolsonaro de tentar interferir na PF: 'Tenho que preservar minha biografia'

sexta-feira, 24 de abril de 2020


Nas redes sociais, tradicionais apoiadores do presidente Jair Bolsonaro se manifestaram a respeito da demissão do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que anunciou nesta sexta-feira (24/04) sua saída do governo de Jair Bolsonaro, após uma queda de braço com o presidente em torno do comando da Polícia Federal.

"Tenho que preservar minha biografia", disse o ministro em pronunciamento nesta sexta ao anunciar sua demissão.

O agora ex-ministro justificou sua saída citando a exoneração do diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, e mencionou por diversas vezes a necessidade de autonomia para exercer suas funções.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página