Monitor aponta fim da seca grave em Pernambuco

terça-feira, 21 de abril de 2020


As chuvas que caíram em Pernambuco no mês de março fizeram com que a severidade da seca diminuísse em comparação a fevereiro. Segundo a Agência Nacional de Águas (ANA), Pernambuco deixou de ter áreas com seca grave e todo o seu território ainda registra o fenômeno. De forma geral, o mês de março foi de chuva acima da média, exceto em parte da Zona da Mata.

Em algumas localidades do Sertão e Agreste, os desvios positivos foram de mais de 300mm acima da normalidade, o que refletiu em uma melhora nos indicadores de seca de curto e longo prazo e no índice de saúde da vegetação.Nessa área houve diminuição da intensidade da seca, que passou de grave a moderada. Na porção noroeste do estado (divisa com Piauí, Ceará e Paraíba) a seca regrediu de moderada para fraca. Os impactos permanecem de curto prazo no leste do estado. Nas demais áreas os impactos são de longo prazo.

Em março deste ano aconteceram chuvas acima da média no Nordeste, com acumulados superiores a 100mm em relação à média em grande parte dos estados nordestinos.

*Com informações da Agência Nacional de Águas
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página