Pernambuco tem dois casos confirmados de coronavírus

quinta-feira, 12 de março de 2020


Os dois primeiros casos do novo coronavírus em Pernambuco são referentes a um casal de idosos, moradores do bairro de Boa Viagem, no Recife, e que voltaram recentemente de uma viagem prolongada de férias na Itália. A mulher tem 66 anos e o homem, 71. Ambos estão internados no Real Hospital Português, no Paissandu. As informações foram divulgadas na manhã desta quinta-feira (12), em coletiva de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Entre 17 e 29 de fevereiro, o casal passou por cidades italianas, como Roma. Depois que voltaram ao Recife, ambos começaram a apresentar sintomas como febre, tosse e dor de cabeça. O caso foi notificado em 5 de março e, na noite dessa quarta-feira (11), a SES recebeu os resultados positivos dos exames, realizados pelo Instituto Evandro Chagas, do Pará.

A idosa está em isolamento, mas em um apartamento normal. Já o idoso, que é hipertenso, está na UTI do hospital. Segundo o infectologista Demetrius Montenegro, o casal está sob vigilância e evolui bem, em estado estável. “Como se tratam de duas pessoas acima dos 60 anos, o risco de complicação é maior. Então, achamos prudente que eles ficassem internados. Ao longo desse tempo, o casal apresentou febre persistente, motivo que os mantém no hospital”, explica.

“Eles ainda estão tomando antibióticos, mas, do ponto de vista clínico, os idosos estão muito bem, apresentando boa evolução e, provavelmente, devem ter alta na próxima semana”, acrescenta Demetrius. Ainda, segundo o infectologista, o idoso está na UTI porque sua situação demandava uma “vigilância maior”, diferente da idosa, que tem um quadro mais estável.


Em um primeiro momento, como não se sabia se era caso de coronavírus de fato, o casal estava sendo tratado com medicações gripais, a exemplo do Tamiflu. Agora, recebem antibióticos, por causa da febre. Quando receberem alta, não deverão ter de seguir obrigatoriamente algum protocolo específico. “Com 14 dias, não há mais risco de transmissão. Então, eles não vão precisar ficar em isolamento domiciliar”, diz o médico.

Em nota ao Diario, o Real Hospital Português informa que os idosos deram entrada na unidade no dia 5 de março, pelo serviço de emergência. "Desde a admissão na emergência do hospital, os pacientes foram identificados como casos suspeitos e todas as medidas preconizadas pelo Ministério da Saúde para assistência médica e controle de infecção foram adotadas".

Fonte: Diário de Pe
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página