Paulo Câmara discute parcerias na área ambiental com a Agência Francesa de Desenvolvimento

terça-feira, 27 de agosto de 2019


O governador Paulo Câmara recebeu, nesta terça-feira (27/08), no Palácio do Campo das Princesas, o diretor regional da Brasil Cone Sul – Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), Phillipe Orliange, para tratar de investimentos da Instituição nas áreas prioritárias do Estado. A agenda da AFD, que envolve projetos de impacto positivo em termos de luta contra as mudanças climáticas, coincide com a do Governo de Pernambuco. Questões como saneamento e proteção ao meio ambiente entraram na pauta.

Paulo Câmara apresentou a Orliange as realizações da sua gestão voltadas para o médio e longo prazo, e falou sobre o grande desafio que é o desenvolvimento das cidades. “Essa questão do meio ambiente, nunca deixamos de lado. Pelo contrário, nós intensificamos. Estamos ampliando as áreas de conservação, temos uma série de projetos de preservação do meio ambiente interessantes, com relação também à água, ao saneamento e à recuperação de bacias", explicou.

Diante disso, o governador apontou pontos de confluência de objetivos do Estado que se encaixam bem com o pensamento da AFD. "Para nós, é uma oportunidade importante de iniciar um diálogo mais aprofundado com relação a vários temas”, reforçou Câmara, que na reunião esteve acompanhado dos secretários Antônio Bertotti (Meio Ambiente e Sustentabilidade), Marcelo Bruto (Desenvolvimento Urbano e Habitação) e Antônio Carlos Figueira (Assessoria Especial), além dos secretários executivos Maíra Fischer (Desenvolvimento Econômico) e Adriano Danzi (Planejamento, Orçamento e Captação).

“As áreas que falei e as que o governador apontou, como a questão distribuição da água, fazem parte da nossa agenda. A agenda de desenvolvimento do Estado de Pernambuco é muito semelhante, muito perto da nossa estratégia”, argumentou Orliange. De acordo com o diretor da AFD, a empresa tem dois grandes filamentos para trabalhar esse tipo de parceria: financiamento, na forma de crédito a longo prazo, com períodos de carência e taxas melhores que as do mercado, e também doações para as parcerias técnicas que acompanham os financiamentos.

Monitoramento da emissão de gases de efeito estufa, elevação do nível do mar, instalação de usinas solares, destinação de resíduos sólidos, potencial do Rio São Francisco, construção de parques lineares, entre outros temas, também foram abordados durante a conversa. Em novembro deste ano, a capital pernambucana vai sediar a Conferência Brasileira de Mudança do Clima, tema que também entrou na discussão. Foi acertada ainda uma reunião mais estreita com as secretarias envolvidas já para o próximo mês de setembro, para alinhar os projetos a serem desenvolvidos por meio desta parceria. 

CAZAQUISTÃO - Antes de receber o representante da AFD, Paulo Câmara se reuniu com o embaixador da República do Cazaquistão no Brasil, Kairat Sarzhanov. O diplomata entregou ao governador uma lista de interesses, com os pontos principais de negociação com o Brasil. Kairat se colocou à disposição para colaborações e destacou como papel principal da sua visita o desenvolvimento do comércio com o Brasil, que já tem histórico de exportação para o Cazaquistão. O governador, por sua vez, ressaltou os potenciais da economia do Nordeste.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página