Secretaria de Justiça destrói armas apreendidas em presídios do Estado

terça-feira, 19 de março de 2019


Na manhã desta terça (19.03) a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), por meio da Executiva de Ressocialização (Seres), realizou um ato para destruição de armas brancas (facas e chunços) e celulares apreendidos nas unidades prisionais de Pernambuco em 2018. A ação ocorreu em frente ao Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros (Pjallb), uma das unidades do Complexo do Curado, no bairro do Sancho, com o auxílio de um trator.

O secretário-executivo de Ressocialização, Cícero Rodrigues; o gerente do Pjallb, José Sidnei; e agentes penitenciários estiveram presentes. O secretário destacou a importância dos investimentos do Governo de Pernambuco. “Graças aos investimentos em tecnologia e à intensificação das revistas nas unidades, conseguimos apreender esses materiais e evitar a entrada de tantos outros”. Entre as melhorias do Sistema Prisional, estão a aquisição de scanners corporais, detectores de metal e máquinas de raio x.

APREENSÕES – Em 2018 foram apreendidos nos estabelecimentos prisionais do Estado 1.746 armas brancas (facas e chunços), 55 armas de fogo e 2.410 celulares. As armas de fogo são encaminhadas às delegacias, as brancas destruídas e os celulares enviados a empresas para descarte.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página