OAB-PE denuncia agressão de PM a advogado e promete medidas enérgicas contra agressor

sábado, 23 de março de 2019



A OAB-PE, através da Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas da Advocacia (CDAP), prestou assistência a um advogado agredido no exercício da sua atuação profissional por um Policial Militar. O fato aconteceu na noite desta quinta-feira (21) no bairro do Centro, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. O advogado Guilherme Interaminense foi agredido após chamar a atenção do PM de que ele não poderia usar de violência contra seu cliente.

Em seguida, o PM desferiu golpes no rosto do advogado, levando-o ao chão, momento em que o PM pressionou o seu fuzil no estômago do causídico. O militar também esfregou a sua farda no rosto do advogado e continuou com agressões verbais contra o profissional e à advocacia. Tudo foi presenciado por populares.

A assistência ao advogado foi prestada pela CDAP do início ao final da ocorrência, que já se deu na madrugada desta sexta-feira (22). O nome do PM não foi revelado, para não atrapalhar a apuração, mas ele já foi identificado no boletim de ocorrência policial.

Em nota conjunta, o presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, e o presidente da CDAP, Carlos Barros, prometem medidas enérgicas contra o agressor e em defesa das prerrogativas da Advocacia. Leia a nota na íntegra a seguir.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página