Ativistas de todo Brasil relançam campanha pela liberdade de Lula

domingo, 17 de março de 2019


Coube a Fernando Haddad definir, com a precisão que lhe é habitual, o sentimento que acompanha todos aqueles que são testemunhas vivas de uma das maiores injustiças já cometidas contra um líder popular na história do país. “ Lula livre é Brasil livre”, assegurou o ex-ministro, para reação imediata da militância que participou neste sábado (16) do Encontro Nacional Lula Livre, em São Paulo.

Haddad fala com a propriedade. Encerrar o cárcere político do ex-presidente está no cerne do debate público nacional – com manifestações crescentes também em diversos outros países. “Difícil falar de uma coisa inaceitável que é a prisão de Lula. Todos nós temos respeito pelo projeto que ele representa, pela sua origem. (…) Os lideres mundiais se intimidavam pela presença do Lula.


Intimidação também não entra no vocabulário de Lurian, filha de Lula, outra fortaleza de carne e osso que parece ter herdado a postura do pai para inflamar o povo ao enfrentamento contra as injustiças do país. “Não podemos medir esforços para tirar ele de lá pela honra do Arthur, da Marisa, do Vavá e de toda a nossa família. Não desistam da luta. Cada um de vocês tem sido fundamental para que a gente ainda se mantenha firme apesar de tanta injustiça”.

Pouco antes, a atriz Lucélia Santos já havia sugerido um dos caminhos para ampliar a resistência: “Temos que ser criativos. O Brasil hoje está vivendo uma energia pesada, de morte. Mas os pacifistas têm que ser representados neste Comitê Lula Livre”.

Criatividade é importante, sim, para ampliar o engajamento em torno da maior causa das frentes progressistas do país, mas a esquerda não pode ceder um espaço sequer, conforme indicou o líder do MTST, Guilherme Boulos. “A luta pela liberdade do Lula tem que ser uma luta de toda a esquerda brasileira, de todos aqueles que defendem uma democracia no país. Porque democracia não combina com preso político. O Lula é uma preso político no Brasil”, reiterou, para que jamais esqueçam das razões que motivaram a elite e capitanear uma perseguição criminosa contra o ex-presidente.


Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página