27ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana gera mais de 16 milhões de reais e expositores reservam vaga na próxima edição

terça-feira, 12 de março de 2019



Em três dias de evento, a 27ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana (RNMP) gerou um montante de mais de 16 milhões de reais em negócios. O resultado foi divulgado pela Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) que investiu na renovação dos lojistas trazidos de todos os estados do país para o evento e registrou um aumento de 20% no número de empresas compradoras. Os segmentos de moda masculina, jeans adulto e infantil bebê foram destaque nas vendas para os varejistas que fizeram mais de três mil pedidos e adquiriram mais de 1,5 milhão de peças de fornecedores de Pernambuco, Paraíba, Goiás, Ceará e Santa Catarina.

 Com espaços de exposição customizados, o evento contempla toda a cadeia da moda e impulsiona a competitividade das empresas, especialmente, as de menor porte. “Somos da Vista Oceânica, empresa de Brejo da Madre de Deus, esta foi nossa terceira participação no evento. Nas duas últimas rodadas, nosso estande fez parte do Pernambuco que Cresce e o resultado foi tão satisfatório que, nesta edição, investimos em um espaço maior e as nossas vendas superaram as expectativas”, afirmou o empresário Jackson Costa.

 O Inove Tex, espaço destinado aos fornecedores da cadeia têxtil, consolidou-se na programação do evento. Criado na última edição, a ala ofereceu ao público interno e externo novidades em fios, tecidos, aviamentos, tecnologia e soluções financeiras. “A Evoluz, especializada no uso de energias renováveis, trouxe para as empresas a possibilidade de substituir a energia elétrica por uma fonte de energia limpa, o que impulsiona a competitividade e otimiza os custos da produção”, explicou o empresário Paulo Correa Filho.

 Para os compradores, os negócios firmados na região garantem o abastecimento das vitrines das lojas o ano inteiro com produtos de qualidade com valores acessíveis como relata Giovana Oliveira. “Viemos de Santa Catarina, onde temos um polo muito grande de moda, mas o que nos atraiu para a região foi o jeans que é um segmento muito forte no Agreste pernambucano. Aqui, encontramos peças de boa qualidade com preços justos. Eu não imaginava que fosse uma feira tão grande e com produtos tão diferenciados, estamos muito satisfeitos. Fizemos um bom negócio e acredito que vamos retornar em todas as edições”.

 A Rodada de Negócios da Moda Pernambucana também é um diferencial na conquista de novos mercados para as empresas de maior porte que expõem no espaço tradicional. “Esta é nossa segunda participação no evento. A edição anterior nos surpreendeu e conseguimos fechar negócios com grandes clientes. A edição anterior se tornou uma vitrine para o nosso negócio e conseguimos atingir regiões que não tínhamos alcançado antes da RNMP”, disse Hemerson Silva da empresa Peteca Baby.

 A próxima edição já tem data definida e acontecerá nos dias 31 de julho, 01 e 02 de agosto. A grande novidade da 28ª RNMP será a participação de 10 novas empresas que foram selecionadas pelo Caruaru Moda Mundo, programa de qualificação e capacitação para negócios de confecção de Caruaru, que é desenvolvido pela Prefeitura de Caruaru em parceria com a Acic. Após participarem gratuitamente de um ciclo de mentorias, as marcas irão expor em uma ala exclusiva do evento.

 “A Acic faz questão de apresentar, a cada edição, uma novidade. Na 27ª, tivemos o aumento do número de compradores e na próxima teremos a participação das empresas selecionadas pelo programa Caruaru Moda Mundo, em parceria com a Prefeitura de Caruaru. A Rodada de Negócios da Moda Pernambucana consegue fazer a ponte entre quem produz vestuário, calçados e acessórios e o comprador dos mais diferentes pontos do Brasil, gerando valor para a cadeia da moda, especialmente, para o Polo de Confecções do Agreste”, enfatizou o presidente da Acic, Luverson Ferreira.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página