Em sua primeira ação à frente da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto assegura boas notícias sobre o Programa Garantia Safra

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019


Em apenas três dias à frente do comando da pasta de Desenvolvimento Agrário, o secretário Dilson Peixoto demonstra que está empenhado em cumprir a determinação do governador Paulo Câmara de fortalecer cada vez mais a agricultura em Pernambuco, reforçando o compromisso com os homens e mulheres do campo em todo o Estado. Em sua primeira ação como gestor de uma das mais importantes secretarias de governo, o novo secretário concentrou esforços para garantir pagamentos referentes aos aportes estaduais do Programa Garantia Safra, relativo à safra 2017/2018.

 “Trazemos boas notícias para os nossos agricultores. O Governo de Pernambuco irá honrar com seus compromissos, efetuando os pagamentos dos aportes estaduais. Asseguramos que os pagamentos da região 2 serão liquidados até o dia 15 de janeiro”, esclareceu o secretário, que fez gestão pessoalmente junto ao chefe do executivo estadual.

 Com relação aos repasses da região 1, a secretaria aguarda a autorização do Governo Federal, do Ministério da Agricultura, para efetuar a transferência dos valores. Por este motivo, já solicitou a prorrogação do prazo.

 “Até o momento, não houve retorno desse pedido, devido à desestruturação da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), antigo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Por isso, estamos concentrando esforços de nossa equipe para que a questão seja solucionada junto ao Governo Federal”, garantiu Peixoto.

 O Garantia Safra é um programa estratégico para Pernambuco, construído com a participação do Governo Federal, Estadual, Municipal e sociedade civil organizada. O programa é um benefício no valor de R$ 850,00, pago em 5 parcelas, aos agricultores familiares que perderam suas lavouras por conta de catástrofes climáticas, como excesso ou escassez de chuvas. Em Pernambuco, o programa atende a 103 municípios do Agreste e Sertão, podendo beneficiar até 120 mil famílias da zona rural.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página