Arte sacra abraça comunidades e ajuda a aumentar número de fiéis

quinta-feira, 15 de novembro de 2018


Uma manifestação artística relacionada à religiosidade e ao sagrado, a arte sacra está presente em museus e espaços de culto no mundo inteiro, e atualmente é tema de encontro em Roma. Do Brasil vem o testemunho de Mari Bueno que enaltece um tipo de trabalho que abraça comunidades inteiras e até ajuda a aumentar o número de fiéis.Andressa Collet – Cidade do Vaticano

Começa nesta quinta-feira (15) um encontro sobre a arte sacra e as igrejas erguidas nos últimos 50 anos em Roma, evento ambientado nos Museus Vaticanos e no Maxxi, o Museu Nacional das Artes do Século XXI. Durante dois dias, estudiosos de história da arquitetura, da arte e da Igreja irão analisar as questões pertinentes à arte sacra a partir do Concílio Vaticano II (1962-1965), considerada a primeira abertura importante da Igreja para a arte contemporânea, às suas aplicações até hoje.

O tema é vasto e complexo pela evolução dos espaços sacros, mas pode ser delimitado por diferentes artistas e nações. No Brasil, por exemplo, muitas igrejas estão em construção, o que significa, segundo a artista plástica Mari Bueno, de Sinop/MT, que o período de trabalhos com arte sacra não está estagnado.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página