PSOL exige explicações sobre general que afirmou existir plano para intervenção militar

sexta-feira, 22 de setembro de 2017


O PSOL atuou nesta terça-feira (19/09) para cobrar explicações, no âmbito do Ministério da Defesa, para a fala do General da ativa Antonio Mourão, que afirmou que as Forças Armadas podem “impor solução” para a crise política nacional.

O militar é Secretário de Economia e Finanças do Exército e sua afirmação, amplamente divulgada na mídia, foi feita em palestra na última sexta-feira (15/09). Ele disse, ainda, que existe um “plano” para isso e que o alto comando do Exército compartilha de suas ideias.

Diante da gravidade desta manifestação, foi protocolado, por iniciativa dos deputados Ivan Valente e Jean Wyllys, um Requerimento de convocação do Ministro da Defesa Raul Jungmann, com base no art. 50 da Constituição Federal.

Além disso, a bancada do PSOL protocolou, também, um requerimento de informação ao Ministro, para que ele dê explicações sobre o suposto plano.

O objetivo da convocação é obter esclarecimentos sobre quais providências serão tomadas pelo Ministério da Defesa para punir o oficial em questão, de acordo com a legislação em vigor, bem como sobre quais iniciativas ocorrerão para coibir e impedir outras manifestações similares vindas de integrantes das Forças Armadas.

Ivan Valente e Jean Wyllys entendem que o Ministro deve expor na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, sua compreensão a respeito dos limites constitucionais e democráticos e o papel das Forças Armadas, e que apresente as atitudes que serão tomadas com relação às declarações do Sr. Secretário de Economia e Finanças do Exército.
Últimas Postagens

Visualizações de página

Facebook