Nilton Mota autoriza a construção de barragens para beneficiar 2 mil famílias em Vertente do Lério

quarta-feira, 6 de setembro de 2017


VERTENTE DO LÉRIO - O secretário de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco, Nilton Mota (PSB), e o prefeito de Vertente do Lério, Renato Sales (PMDB), autorizaram, nesta quarta-feira (6), o início da construção de quatro barragens no município do Agreste pernambucano. As intervenções vão beneficiar duas mil famílias das comunidades de Gambá, Lajes, Balança e Chã de Pavão.

Orçadas em R$ 400 mil, as barragens serão construídas pelas Secretaria de Agricultura, atendendo a uma solicitação do prefeito Renato Sales e da ex-prefeita Doutora Wellita.

"As máquinas já estão aqui nos canteiros de obra e, na próxima sexta-feira, o serviço terá início. É assim que o governo Paulo Câmara nos pede: rapidez na execução das obras para que possamos modificar a vida dessas comunidades atendidas com a ampliação da oferta de água", afirmou Nilton Mota, que fez uma vistoria onde a barragem da comunidade de Gambá será construída.

Estavam presentes na assinatura da Ordem de Serviço o vice-prefeito Nado de Tina; os vereadores Ina Sales (presidente da Câmara), Edson Farias, Lucas da Serra e Tonhe de Helena. Também marcaram presença os secretários Fábio França (Finanças e Agricultura), Davina Sales (Governo), Tássia Saraiva (Assistência Social) e José Roberto (Administração).

O agricultor Antônio Luiz Batista comemorou a chegada da barragem. "Essa é uma obra muito importante para nossa comunidade. Agora, vamos ter uma oferta maior de água para ampliar a agricultura da região", disse.

LEITE - Antes de chegar ao município de Vertente do Lério, o secretário Nilton Mota esteve na cidade de Surubim, ao lado da prefeita Ana Célia Farias, do vice Guilherme Nóbrega e de vereadores, em um seminário regional com representantes de 12 prefeituras ligados ao Programa do Leite. 

"Essa iniciativa tem um alcance social e econômico muito grande porque atende as famílias mais vulneráveis. Fiz questão de parabenizar as prefeituras pelo momento que o programa atravessa, beneficiando tantos pernambucanos que precisam. Já estamos entregando três mil litros de leite por dia nesses 12 municípios. Esse programa é um exemplo de parcerias nesse período de crise. São poucas políticas públicas que têm a largueza dessa ação, quando a gente vê a oportunidade de adquirir a produção de quem produz aqui no nosso estado", destacou Nilton Mota.
Últimas Postagens

Visualizações de página

Facebook