Governo do estado realiza fechamento das válvulas dispersoras da barragem Eduardo Campos

sábado, 2 de setembro de 2017


Foi realizado o fechamento da descarga de fundo da barragem Governador Eduardo Campos, procedimento executado pela Secretaria Executiva de Recursos Hídricos, vinculada à secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), nesta quinta-feira (31/08) com o objetivo de acumular um volume de 130 milhões de metros cúbicos de água que ficará disponível para usos múltiplos, inclusive para o reforço no abastecimento humano nos municípios do Agreste através da adutora de Serro Azul.

“A Barragem é uma importante obra hídrica do Governo Paulo Câmara, com capacidade total de 303 milhões de m³ e foi fundamental para evitar maiores transtornos durante a enchente na Mata Sul de Pernambuco”. Comenta o secretário Executivo de Recursos Hídricos, Mário Cavalcanti.

A obra beneficia diretamente a população dos municípios de Palmares, Água Preta e Barreiros, totalizando 150 mil habitantes no que se refere à proteção de cheia. E também é importante para a criação de um novo polo de desenvolvimento e turismo na região, impulsionando assim a economia do município. 

O reservatório passará para a gestão da Compesa e será interligado ao Sistema Prata para reforçar o abastecimento de água no Agreste, com população beneficiada de 600 mil pessoas.oi realizado o fechamento da descarga de fundo da barragem Governador Eduardo Campos, procedimento executado pela Secretaria Executiva de Recursos Hídricos, vinculada à secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), nesta quinta-feira (31/08) com o objetivo de acumular um volume de 130 milhões de metros cúbicos de água que ficará disponível para usos múltiplos, inclusive para o reforço no abastecimento humano nos municípios do Agreste através da adutora de Serro Azul.

“A Barragem é uma importante obra hídrica do Governo Paulo Câmara, com capacidade total de 303 milhões de m³ e foi fundamental para evitar maiores transtornos durante a enchente na Mata Sul de Pernambuco”. Comenta o secretário Executivo de Recursos Hídricos, Mário Cavalcanti.

A obra beneficia diretamente a população dos municípios de Palmares, Água Preta e Barreiros, totalizando 150 mil habitantes no que se refere à proteção de cheia. E também é importante para a criação de um novo polo de desenvolvimento e turismo na região, impulsionando assim a economia do município. 

O reservatório passará para a gestão da Compesa e será interligado ao Sistema Prata para reforçar o abastecimento de água no Agreste, com população beneficiada de 600 mil pessoas.
Últimas Postagens

Visualizações de página

Facebook