Mesmo sob ataque, Lula lidera em todos os cenários para 2018

sexta-feira, 4 de agosto de 2017


Apesar de ter sido condenado arbitrariamente pelo Juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato, e de sofrer ataques diariamente por parte da mídia, a intenção de votos no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2018 continua a crescer. É o que aponta pesquisa CUT/Vox Populi divulgada nesta sexta-feira (4).

No voto espontâneo, Lula tem 42% dos votos, contra 8% de Jair Bolsonaro (PEN-RJ), 2% de Marina Silva (Rede-AC), 1% de Sérgio Moro, 1% de Ciro Gomes, 1% de Joaquim Barbosa, 1% de João Doria (PSDB-SP), 1% de Fernando Henrique Cardoso, 1% de Geraldo Alckmin (PSDB-SP) e 0% de Aécio Neves. Outros receberam 3% dos votos espontâneos. Ainda segundo a pesquisa, 16% disseram votar nulo/branco e não souberam responder, 25%. Em junho, o ex-presidente tinha 40% dos votos.

O levantamento mostra que o ex-presidente Lula lidera as intenções de voto para presidência da República no segundo turno nos quatro cenários pesquisados: contra Jair Bolsonaro ou João Doria, Lula alcança 53% das intenções de voto; se os candidatos forem Geraldo Alckmin ou Marina Silva, Lula bate ambos com 52% dos votos.

Nesses cenários imaginados pela pesquisa, Bolsonaro teria 17% dos votos. Já Alckmin, Doria e Marina alcançariam, no máximo, 15% do total de votos, cada um.

A nova pesquisa CUT-Vox Populi foi realizada entre os dias 29 e 31 de julho. O ex-presidente foi condenado por Sérgio Moro no dia 12 de julho.

No cenário em que a intenção de voto foi estimulada com Alckmin, o tucano atinge 6% das intenções de voto e Lula, 47%. Bolsonaro tem 13%, Marina, 7%, e Ciro, 3%.

Na estimulada com Doria, Lula tem 48% das intenções de voto, Bolsonaro manteve os 13%, Marina subiu para 8% e o prefeito de São Paulo empatou com Ciro Gomes, com 4%.
Últimas Postagens

Visualizações de página

Facebook