Ex- prefeito de Surubim Túlio Vieira poderá não apoiar Ricardo Costa para deputado estadual.

terça-feira, 29 de agosto de 2017


O ex prefeito da cidade de Surubim Túlio Vieira, poderá não apoiar nas eleições estaduais de 2018 o deputado estadual Ricardo Costa. Segundo as especulações políticas que circulam, uma delas seria devido o deputado está ligado a base do governo do PSB. Atualmente militante no Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), legenda pela qual foi eleito para o seu segundo mandato, Ricardo Costa é líder partidário na Alepe, trabalha em parceria com o Governo Paulo Câmara. Túlio Vieira,  ocupa cargo na cidade de Paudalho com grande ligação política com o Deputado Federal Ricardo Teobaldo, e seu Irmão José Humberto, esse ultimo poderá ter nome lançado para estadual opinando vieira pelo palanque dos limoeirenses.

Gerências Regionais que alcançaram os melhores índices da educação básica estadual, são premiadas pelo governador Paulo Câmara


A priorização dos investimentos em Educação tem gerado cada vez mais conquistas na área para o Estado. E mais uma demonstração desse empenho foi conferida, nesta segunda-feira (28.08), durante a premiação dos gestores, professores e estudantes da Rede Estadual que mais se destacaram no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco (IDEPE) no ano de 2016. Superando a média de 3,9 do ano de 2015, o IDEPE 2016 apresentou a nota de 4,1 – ultrapassando mais uma vez a nacional, que é 3,5. Comandada pelo governador Paulo Câmara, a solenidade, realizada no Palácio do Campo das Princesas, agraciou seis municípios, doze escolas e seis gerências regionais que obtiveram os melhores resultados nos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio em Pernambuco.

"Estamos satisfeitos com os resultados alcançados, mas cientes de que precisamos continuar a melhora, a avançar. O que foi apresentado aqui, mostra uma evolução muito importante de todas as regiões. E todas essas conquistas são frutos de uma construção que tem dado resultados, que tem mostrado ano a ano a melhoria do ensino público em Pernambuco. Mas também é um resultado que aumenta a nossa responsabilidade em continuar a fazer com que a escola pública seja atrativa, tenha a menor diferença com as escolas privadas e dê condições dos nossos alunos aprenderem e, através da sua dedicação, realizar sonhos”, destacou o governador. Paulo ainda defendeu que a educação integra a agenda do futuro. “Nós não poderemos resolver a agenda do presente sem pensar e desenvolver a educação. É com a educação que vamos transformar o futuro das próximas gerações”, reforçou.

Entre as escolas da rede estadual, foram premiadas as três unidades com melhores índices nos anos finais do Ensino Fundamental e as três melhores no Ensino Médio. Entre as GREs, receberam certificados as três com melhor colocação no Ensino Médio. Já na categoria “municípios”, foram premiados os três que mais se destacaram nos anos iniciais do Ensino Fundamental, assim como os três melhores colocados nos anos finais desse módulo. Nesta edição, o prêmio incluiu duas novas categorias: as Gerências Regionais com as maiores evoluções durante o ano, com três premiadas, e as escolas parceiras que integram a rede pública com resultados de destaque, nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio, também com três premiadas.

O secretário estadual de Educação, Frederico Amâncio, defendeu que os índices pernambucanos vêm, cada vez mais, se destacando nacionalmente. “Hoje é um dia de muita comemoração para a educação do nosso Estado. A gente tem subido mais um patamar. Pernambuco é o primeiro Estado do Brasil que começa a ter desempenho acima de nota quatro nas escolas públicas da Rede Estadual. Nós já somos oficialmente, pelo MEC, o Estado que tem o melhor desempenho nacional. Mas o que nós mais comemoramos não é apenas a nota, é a evolução. Nós somos o único Estado no Brasil que, nos últimos dez anos, evoluiu todos os anos. E isso é um trabalho que tem que envolver toda a rede. Isso envolve um trabalho muito grande dos professores, dos gestores das escolas, dos estudantes e das famílias, que estão cada vez mais acreditando no nosso trabalho”, ressaltou.

Pernambuco conquistou, pelo quarto ano seguido, o primeiro lugar nacional com a menor taxa de abandono escolar no Ensino Médio. O dado foi divulgado, no último mês de junho, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP/MEC) através do Censo Escolar 2016. Em 2015, a taxa era de 2,5% e, atualmente, possui taxa de abandono escolar de apenas 1,7%, o que continua apontando as escolas de Pernambuco como as mais atrativas do País. O segundo Estado com a menor taxa de abandono foi São Paulo, com 4,5%, seguido do Espírito Santo, com 4,6%. Nos Anos Finais do Ensino Fundamental (6° ao 9° ano), a Rede Estadual também conquistou o primeiro lugar no ranking nacional, com apenas 1% de taxa de abandono, empatado com o Estado de Santa Catarina.

Comemorando pelo segundo ano consecutivo a conquista do melhor resultado entre as GREs do Estado (nota 4,95), a gestora da Gerência Vale do Capibaribe, Edjane Ribeiro, parabenizou a todos que fazem a educação de Pernambuco e agradeceu o apoio que o Governo tem prestado às gerências. “A cada dia, a gente vê mais a necessidade de investir na educação. Eu sempre digo aos nossos alunos que o único caminho que o jovem tem, hoje, é estudar. E é isso que a gente está fazendo, trabalhando duro para preparar os nossos alunos. E eu quero agradecer, de coração, ao trabalho que o nosso governador vem fazendo nas nossas escolas. Um trabalho que tem feito a diferença, um trabalho de continuidade aos anseios do nosso eterno governador Eduardo Campos”, declarou.

IDEPE - Os resultados do IDEPE são calculados com base no Sistema de Avaliação da Educação Básica de Pernambuco (SAEPE), que mede anualmente o grau de domínio dos estudantes nas habilidades e competências consideradas essenciais em cada período de escolaridade avaliado, além de ser uma importante ferramenta para a gestão escolar. Realizado anualmente, o ranking acompanha o desempenho da educação pública no Estado e considera dois critérios, os mesmos usados para o cálculo do índice nacional (IDEB). São eles: fluxo escolar e proficiência dos estudantes do Ensino Fundamental (anos iniciais e finais) e do Ensino Médio.

SEAD promove seminário de acessibilidade na Semana Estadual da Pessoa com Deficiência

segunda-feira, 28 de agosto de 2017


Dando  continuidade as atividades que vem sendo realizadas na Semana Estadual da Pessoa com Deficiência a Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência – SEAD, realizou  nesta quinta feira (24/08),  na sede da Amupe, seminário sobre acessibilidade com a participação de secretários e gestores municipais. O órgão estadual está realizando durante toda a semana encontros e eventos em diversas cidades do estado com o intuito de chamar a atenção e conscientizar a população  para a importância do tema.

No encontro foram apresentadas as normas e legislação sobre acessibilidade, palestra de Angêla carneiro, Arquiteta e Urbanista do Conselho de Arquitetura e urbanismo de Pernambuco – CAU/PE  que abordou o tema “Acessibilidade para todos: a Cidade que Precisamos”.Participaram do evento, o secretário Sergio Moura, da Secretaria Executiva de Segmentos Sociais; a Secretária Roberta Franca, da Secretária de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude – SDSCJ; o Superintendente Edimilson Silva, da Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com deficiência – SEAD; Maria do Carmo de Oliveira, Presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com deficiência do Estado de Pernambuco – CONED e representando a Amupe a secretária executiva da Instituição, Gorette Aquino.

A semana Estadual da pessoa com deficiência foi instituída no calendário oficial do estado em 21 de Dezembro de 2007, com o objetivo de sensibilizar e conscientizar a sociedade e os órgãos públicos e privados sobre os direitos fundamentais das pessoas com deficiência.

Ricardo Teobaldo participa de lançamento de obras em Taquaritinga


O deputado Ricardo Teobaldo, ao lado do prefeito de Taquaritinga do Norte, Ivanildo Mestre (Lero), participou da assinatura de ordem de serviço para obras de pavimentação no município. A Rua Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Vila do Socorro, e outra em um dos acessos do bairro Zamba, em Taquaritinga do Norte, serão contempladas com serviços de pavimentação e drenagem.

Para o deputado Ricardo Teobaldo as obras mostram o trabalho e a articulação do poder municipal. “Fico muito contente em voltar a Taquaritinga e participar de um evento como esse. O que assinamos aqui hoje é o retrato do esforço e a dedicação de Lero em fazer do município um lugar melhor de se viver. Fico muito feliz de fazer parte desta melhoria trazendo recursos de Brasília para Taquaritinga”, frisou.

O prefeito Lero falou da satisfação de poder autorizar a pavimentação de mais duas ruas. “Estou muito feliz em poder realizar o sonho destes moradores. Essas obras foram promessa de campanha e hoje venho aqui dar o pontapé inicial nesse serviço, uma resposta para aqueles que torcem sempre para o quanto pior melhor”, declarou.

A população comemorou o momento tão esperado. Dona Arliete da Conceição moradora de Vila do Socorro externou sua gratidão. “É um verdadeiro sonho, eu não estava acreditando, mas quando vi as pedras chegarem todos nós ficamos felizes. Sei que esse sonho vai se tornar realidade porque eu coloco fé no prefeito Lero”, agradeceu.

O prefeito também anunciou que, em breve, mais duas ruas estarão recebendo ordem de serviço para pavimentação em Pão de Açúcar. Serão contempladas as ruas Amaro Monteiro, no bairro Trevo, e a Rua Severino Pereira.

A reforma do Matadouro Público de Surubim é solicitada pelo vereador Nailton.


O vereador Nailton do Jucá  (PSB), que esteve recentemente em reunião administrativa na casa Euclides Mota, solicitou ao secretário de agricultura e reforma agrária de Pernambuco, Nilton Mota, que seja reformado  o matadouro público do município. O objetivo é dar melhor qualidade e que atendam todos os padrões  exigidos.


De acordo com o vereador os resultados serão fundamentais para o sistema operacional de qualidade. “Estamos focados nesse trabalho para as melhorias em todos os setores, Também estamos buscando recursos e parcerias que possam garantir um transporte adequado. Nosso interesse sempre foi em cumprir os requisitos estabelecidos por lei”, frisou Nailton Lima.

"Continuo andando o Brasil pra mostrar que é possível sonhar e realizar seus sonhos"


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu na manhã desta segunda-feira (28) entrevista à rádio 95 FM de Currais Novos, no Rio Grande do Norte, antes de seguir para o próximo destino da caravana Lula Pelo Brasil, que parte ainda hoje para Mossoró. 

"Não acredito que o ser humano possa sobreviver se ele não sonhar, se não tiver esperança. Continuo andando pelo Brasil pra tentar mostrar pras pessoas que é possível sonhar durante a noite e levantar de manhã para realizar esse sonho", disse o ex-presidente. 

Para Lula, a caravana Lula Pelo Brasil é mais uma importante demonstração democrática e de diálogo com a população, característica que acompanha o PT desde sua fundação. "Não sei quantos políticos teriam coragem de fazer o que estamos fazendo, ouvindo as pessoas", avaliou. Já a população, na avaliação do ex-presidente, está atenta à política brasileira. "Sinto que o povo está acompanhando muito atentamente o que está acontecendo no Brasil. As pesquisas de aprovação do governo mostram isso".

Lula ressaltou que tanto a falta de credibilidade quanto a instabilidade do atual governo ajudam a aprofundar a crise político econômica. "Para governar é preciso credibilidade e previsibilidade. As pessoas não podem ser pegas de sobressalto todo dia", afirmou, referindo-se às medidas econômicas tomadas pelo governo Temer a toque de caixa.

Senar/PE divulga resultado da seleção para o Curso Técnico em Agronegócio


Os candidatos a uma vaga no Curso Técnico em Agronegócio, oferecido pelo Senar Pernambuco (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), podem conferir o gabarito oficial e a classificação final da seleção a partir desta sexta-feira, 28/07, no site http://etec.senar.org.br. As matrículas começam neste sábado (29) e  vão até a próxima terça-feira (1º). As aulas terão início na quinta-feira, 03/08.

As matrículas devem ser feitas na secretaria do polo de apoio da Rede e-Tec Brasil no Sindicato Rural de Bezerros. Os documentos exigidos são originais ou fotocópias autenticadas em cartório do certificado do Ensino Médio; histórico escolar do Ensino Médio; carteira de identidade; CPF; certidão de nascimento ou, quando houve mudança de nome, a de casamento; uma foto 3x4 recente e, no caso dos maiores de 18 anos, título de eleitor com os comprovantes de votação da última eleição. Os homens, maiores de 18 anos, precisam apresentar ainda o certificado de reservista.

Para os aprovados, o dia certamente é de festa, pois enfrentaram uma alta concorrência. Em todo o País, 14.239 candidatos participaram da seleção para as 2.055 vagas oferecidas em 57 polos da rede, distribuídos por 19 estados. Um grande contingente de perfis  variados, incluindo desde trabalhadores  e jovens do campo que antes não  tiveram a chance de continuar os estudos, produtores rurais interessados em aprofundar seus conhecimentos sobre o agronegócio, até profissionais com formação superior em diversas  categorias desejosos de atuarem no setor agropecuário. No entanto, produtores, trabalhadores e residentes nas zonas rurais formam o público preferencial do SENAR e, em caso de empate na seleção, têm prioridade.

Com 1.230 horas/aula, o Curso Técnico em Agronegócio do Senar alia a teoria à prática, disponibilizando oitenta por cento das aulas na internet e garantindo a experiência prática em aulas presenciais  nos polos da rede ou no campo, realizadas, geralmente, a cada quinzena. O currículo é estruturado de modo que, ao concluírem o curso, os alunos estejam prontos para atuar nos diferentes segmentos e cadeias produtivas do agronegócio seja na fazenda, em uma empresa, ou realizando pesquisas e assistência técnica. O diploma de nível técnico é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e registrado pelos Conselhos Regionais de Engenharia (CREAs)

Agricultores familiares da Mata Norte recebem 209 títulos de posse, 3 caminhões e 44 bancas de feiras


A sexta-feira foi um dia de conquistas para os agricultores familiares da Mata Norte pernambucana. Pela manhã, 169 produtores do Engenho Panorama, de Timbaúba, e outros 40 do Assentamento Pituassu, de Itaquitinga, receberam títulos de posse das mãos do governador Paulo Câmara e do secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota. O ato foi realizado após a missa que marcou o início da moagem da Usina Cruangi, em Timbaúba.

Os documentos foram viabilizados pelo Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco (Iterpe), vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (Sara). O presidente do órgão, Paulo Lóssio, também participou do ato.

Nilton Mota destacou o simbolismo que a entrega dos títulos de posse carregou. "Esses assentamentos são formados por trabalhadores da agricultura familiar. Vocês sabem da importância desse título. Eles vão construir novas perspectivas para essas familias. Esses títulos vão dar não só segurança familiar, mas também juridica e, principalmente, do ponto de vista econômico. Vão possibilitar novas conquistas. Esta foi uma sexta-feira de conquistas, de muito amor com essas pessoas que mais precisam", pontuou o titular da Agricultura. 

De acordo com Nilton, "esse é o ciclo da unidade, da união do povo com o poder público e do poder público com o privado". "O governador Paulo Câmara tem respeitado os pernambucanos com a responsabilidade que ele gere nosso Estado. Fez os ajustes necessários para dar condições aqui à usina Cruangi ter benefício fiscal. Só se faz isso quando se tem determinação, liderança e respeito. Não tenho dúvidas que estamos vivendo esse momento por causa desse perfil do governador Paulo Câmara. Um momento de transformar a vida de tantas pessoas", cravou.

CAMINHÕES  E BANCAS - À tarde, em Carpina, Paulo Câmara e Nilton Mota entregaram três caminhões e 44 bancas de feira para o Consórcio dos Municípios da Mata Norte e Agreste Setentrional (Comanas).

"Esse é mais um símbolo que o governador constrói em parceria. A entrega desses caminhões era uma demanda antiga e vai dar esse impulso à produção e comercialização. Investimos aqui mais de R$ 100 milhões em cisternas. É um conjunto de ações para agricultura familiar. O resultado disso é que o PIB do primeiro trimestre mostrou que a agricultura é o segmento que mais cresce em Pernambuco”, argumentou Nilton Mota.

Com a entrega dos caminhões e das bancas de feira, dez mil agricultores da Mata Norte estão sendo beneficiados. A ação faz parte de um projeto territorial do colegiado da Mata Norte. Os equipamentos vão ajudar a aumentar a produtividade e geração de renda, provendo o fortalecimento da agricultura familiar, responsável por cerca de 70% da produção dos alimentos que chegam na mesa dos pernambucanos.

Minha Casa Minha Vida merece ser fortalecido e ampliado, diz Armando, em Caruaru


O senador Armando Monteiro (PTB-PE) participou, nesta segunda-feira (28), da cerimônia de inauguração e entrega dos conjuntos residenciais Luiz Bezerra Torres I e II, em Caruaru. Na solenidade, Armando destacou o grande impacto social que o empreendimento vai gerar no município e frisou que o programa Minha Casa Minha Vida deve ser mantido e ampliado em todo o País. O evento reuniu a prefeita Raquel Lyra (PSDB), os ministros Bruno Araújo (Cidades), Mendonça Filho (Educação), Fernando Bezerra Filho (Minas e Energia) e Raul Jungmann (Defesa), o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), os ex-governadores João Lyra Neto (PSDB) e Joaquim Francisco (PSDB), além de deputados federais e estaduais e mais de 50 prefeitos pernambucanos.

Durante a solenidade, Armando Monteiro, ao lado de Fernando Bezerra Coelho, entregou as chaves da nova casa de Silene Maria dos Santos. Ela e sua família foram uma das beneficiadas do Minha Casa Minha Vida faixa 1. Ao todo, foram investidos nos residenciais cerca de R$ 150 milhões na construção de 2.404 moradias, que vão abrigar cerca de 9,6 mil pessoas. Além dos apartamentos, os residenciais possuem creche, escola, área de lazer, entre outros equipamentos públicos.

“Essa é uma obra de grande alcance social, que revela que o programa Minha Casa Minha Vida, idealizado nos governos dos ex-presidentes Lula e Dilma, merece ser aperfeiçoado e fortalecido. O Minha Casa Minha Vida é um programa exitoso e que precisa ser continuado para que o Brasil possa responder a esse déficit habitacional que ainda temos”, afirmou Armando Monteiro. “Fico muito satisfeito de verificar que o governo vem mantendo a prioridade no programa, sobretudo porque vem contando com a sensibilidade e a competência do ministro Bruno Araújo. Ele tem valorizado e levado adiante esse projeto”, completou o petebista.

Em seu discurso, o senador Armando Monteiro destacou a capacidade de articulação da prefeita Raquel Lyra à frente da gestão municipal. “É uma satisfação verificar que isso tudo acontece em Caruaru, que é tão importante nos cenários econômico e social de Pernambuco, e que no momento, sob a liderança da prefeita Raquel Lyra, de forma articulada com o governo federal e a classe política pernambucana, procura levar projetos e investimentos para o município”, disse.

Armando também assinalou que os demais ministros pernambucanos têm dado importantes contribuições ao País. “Cada um em sua área, os ministros de Pernambuco têm dado demonstrações de competência. Eles têm tido a capacidade de dar continuidade a programas criados em gestões anteriores, mas que pelo alcance social merecem continuidade, sob uma perspectiva do aperfeiçoamento”, concluiu o petebista.

Frente em defesa da Chesf será instalada na próxima terça

quinta-feira, 24 de agosto de 2017


O deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE) conseguiu recolher as assinaturas necessárias para a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Chesf (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco) na Câmara dos Deputados. A Frente será instalada na próxima terça-feira (29), com a escolha da coordenação executiva, que será composta por um representante de cada estado do Nordeste, sob a presidência do próprio Danilo.

 Nessa reunião, será aprovado o plano de trabalho que vai orientar as ações do colegiado. Segundo o deputado, uma das primeiras iniciativas, será uma visita à Chesf, em Pernambuco.  Além disso, serão agendados seminários para discussões técnicas, reuniões com representantes do governo federal e audiências públicas nos nove estados do Nordeste para tratar sobre o assunto.

 “É com bastante preocupação que acompanhamos a decisão do governo federal de privatizar a Eletrobras, em especial de sua subsidiária Chesf. Para além do debate em torno da questão elétrica, está em jogo o uso e o cuidado com o Rio São Francisco. Como parte da Bacia Hidrográfica do São Francisco, a Chesf realiza investimentos na região, além de atuar no monitoramento e controle da vazão do Rio São Francisco”, afirma o deputado.

 Danilo Cabral ressalta que o Rio São Francisco, além da geração de energia, tem sua água usada para agricultura e consumo humano. Em Pernambuco, por exemplo, ele abastece 30 municípios, assegura a atividades da fruticultura irrigada do Vale do São Francisco. Com o projeto Integração do São Francisco, a partir da obra de transposição do rio, mais de 12 millhões de pessoas em 390 municípios nordestinos, além das 294 comunidades rurais às margens dos canais, dependerão dele para o consumo de água. “Como podemos entregar a gestão do rio para a iniciativa privada?”, questiona o parlamentar.

"Calçamento do jucá ferrado a Vila do Luiz e área esportiva para a comunidade Lagoa Nova são prioridades", destaca Nailton

segunda-feira, 21 de agosto de 2017




O vereador Nailton do jucá, solicitou da prefeita do município de Surubim e do secretário de obras e controle Carlos Maurício a viabilização do complemento da rua do jucá Ferrado até a vila do Luiz e todo o povoado da comunidade do Gancho do Galo. Foi solicitado também pelo vereador Nailton a secretária da juventude Fernanda Leal uma ampla área Esportiva para a comunidade Lagoa Nova.

Lula: Para ser bom presidente, é preciso conhecer a alma do povo



Depois pela Bahia e chegar a Sergipe, e de ter feito uma parada no acampamento Acampamento Valdir Macedo, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Teto (MST), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontrou com milhares de pessoas em Estância, interior de Sergipe. Acompanhado pelo governador do estado, Jackson Barreto (PMDB); do vice-presidente nacional do PT Marcio Macedo; do secretário de Finanças do partido, Emídio Sousa; da esposa de Marcelo Déda e vice-prefeita de Aracaju, Eliane Aquino, o ex-presidente Lula iniciou seu discurso exaltando a história política e de luta de Déda.

“Eu nunca vi uma pessoa tão competente quanto Déda. Ele tinha vocação extraordinária. Ele sabe o que eu pensava: que se dependesse de mim ele não tinha sido candidato a governador de SE, pois ele teria sido o melhor senador que esse País já teve. Ele iria fazer sucesso naquela tribuna”, disse o ex-presidente, emocionado. Aos familiares de Déda, Lula deixou uma mensagem de esperança e de conforto. “Nós não morremos simplesmente. Nós renascemos. Certamente outros Dédas virão por aí. O que é importante é que essas pessoas se vão, mas elas deixam exemplos que a gente pode seguir. Essas crianças têm motivo de sobra para se orgulhar do pai que eles tiveram e do que ele representou”.

Lula agradeceu ao governador Jackson Barreto por ter apoiado a presidenta Dilma Rousseff durante o processo de impeachment. “Você foi um dos poucos que teve caráter e coragem de apoiar a Dilma”. Ele lembrou dos investimentos feitos pelos governos do PT na região e que agora, com o apoio à presidenta eleita, o Sergipe tem sido deixado de lado pelo governo golpista de Michel Temer. “Parece que você tá passando a pão e água porque teve coragem de ser oposição ao golpe e ao Temer”, disse Lula ao governador.

Na cidade, o ex-presidente foi homenageado com a medalha do mérito parlamentar e com o título de cidadão. Lá, ele voltou a falar sobre a ideia da caravana Lula pelo Brasil. “Resolvi viajar para rever, conversar, aprender e para poder discutir sonhos e esperanças com vocês. Porque não é possível uma sociedade caminhar para a frente, evoluir, melhorar de vida se a gente não tiver sonhos”.

Lula também relembrou os tempos em que esteve na Presidência do Brasil, falou sobre os avanços que o País vivenciou, sobre o reconhecimento no exterior e sobre o quanto o povo brasileiro conseguiu melhorar de vida naquele período. “Quando eu cheguei na Presidência, ninguém que fazia política acreditava na melhora do Brasil. A imprensa escrevia que o Brasil tava quebrado, devia ao FMI, que eu não tinha diploma e que eu não ia dar conta do recado, que eu não ia ser respeitado lá fora porque eu não falava inglês, francês e espanhol, que as coisas não iam dar certo porque eu não era economista”.

“Eu tinha uma vontade de ser presidente para dizer para eles que o tipo de inteligente que eles pensam que têm não quero, porque a minha inteligência é conhecer a alma dos brasileiros”. No entanto, disse Lula, para ser presidente, ele não precisou saber inglês, espanhol ou francês. Segundo ele, era preciso falar um “português pequeno, entender o pulsar do coração do nosso povo, a alma da nossa gente”. “E isso eu conhecia como ninguém. Eu tinha certeza que eu não poderia errar, porque senão jamais um operário poderia voltar a governar esse país. Tenho orgulho de ter saído (da Presidência) com 87% de bom e ótimo e ter eleito a primeira presidenta na história desse País”.

Ele voltou a criticar a política econômica e o governo do golpista Michel Temer, que tirou a esperança de melhora de vida dos brasileiros. “Agora colocaram um tal de Temer, e não tem mais esperança de FIES, emprego, ProUni. Porque essa gente não sabe governar, quer vender o Banco do Brasil, a Caixa, a Petrobras, a BR”, disse. Tema recorrente nos discursos da caravana, a importância da política não foi deixada de fora na fala ao povo de Estância. “Fora da política não há saída em lugar do mundo. É fascismo, nazismo… coisa muito pior para a humanidade”.

Sobre a perseguição jurídica e midiática que tem sofrido, Lula voltou a pedir que apresentem provas. “Todo dia eu vejo uma quantidade de mentira a meu respeito. Eu imploro que me deem uma prova, porque eu jamais iria envergonhar o povo brasileiro”. “Eles estão mexendo com a pessoa errada. Se tem algum político em Brasília que tem o rabo preso e tem medo porque roubou, esse político que cuide da sua vida. Eu aprendi a andar de cabeça erguida, a conversar com mulheres e homens olhando na cara de cada um de vocês”.

“Para exigir sinceridade, tenho que ser sincero com vocês. O dia que eu perder a confiança, não há mais razão de fazer política”. E Lula disse que a escolha de retornar à Presidência não é dele, mas sim do povo brasileiro. “Se vocês disserem não, eu me aquieto, fico lá em São Bernardo jogando dominó. Se disserem que sim eu vou ficar com as canelas magras de andar esse país e ouvindo a alma do povo”.

Encontro da Assistência Social reúne 160 gestores e técnicos em Caruaru


Edição encerrou a série de seminários regionais realizados recentemente pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) 

O Encontro Regional de Gestores Municipais de Assistência Social reuniu, em Caruaru, nos dias 17 e 18, 160 profissionais, entre secretários e técnicos municipais de 30 municípios do Agreste Central e Agreste Setentrional. O evento foi realizado na Faculdade ASCES, em Caruaru.

Essa edição encerrou a série de seminários regionais realizados recentemente pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), sob a gestão de Roberto Franca, por meio da Secretaria Executiva de Assistência Social (SEASS), dirigida por Socorro Araújo. O encontro concluiu uma verdadeira maratona de 7 encontros nas diversas regiões do Estado, contando com quase mil participantes.

Os encontros regionais têm o propósito de qualificar o apoio técnico e a formação continuada dos trabalhadores do SUAS (Sistema Único de Assistência Social) que atuam nos municípios. A estratégia é aproximar todos que estão no dia a dia da oferta dos serviços, programas e benefícios da Política de Assistência Social. 

Foram discutidos os desafios da gestão municipal de assistência social na atualidade e a importância de conhecer o território para qualificar a atuação profissional. Além disso, houve oficinas temáticas conduzidas pela equipe técnica estadual sobre Vigilância Socioassistencial, Gestão orçamentária e financeira dos fundos de assistência social, Controle Social, Proteção Social Básica, Proteção Social Especial de Média e Alta Complexidade, Segurança Alimentar e Nutricional e Cadastro Único e Bolsa Família.

Encerrada a série de encontros, os municípios ficam com o desafio de qualificar a gestão, visando a Conferência Estadual de Assistência Social, marcada para o próximo mês de outubro. 

Sertão do Pajeú recebe conjunto de obras hídricas do Governo do Estado


  Ações executadas pela Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária somam R$ 4,5 milhões em investimentos.Cumprindo agenda administrativa na Região do Pajeú, o Governador Paulo Câmara e o Secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, acompanhados dos Prefeitos Adelmo Moura de Itapetim; Tânia, de Brejinho; Evandro Valadares, de São José do Egito; Vandinho de Danda, de Santa Terezinha, demais Prefeitos, Vereadores e lideranças da região, além do Secretário de Habitacão Kaio Maniçoba; do Secretário de Transportes Sebastião Oliveira; dos Deputados Estaduais Romário Dias  e Rogério Leão; do Presidente da Compesa Roberto Tavares; e do Secretário Executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto, entregaram obras hídricas e assinaram ordens de serviço para garantir água de qualidade nas casas de moradores da zona rural, bem como para a produção de alimentos e a criação de animais. Mais de 5 mil pessoas nos municípios de Brejinho, Itapetim, São José do Egito e Santa Terezinha foram beneficiadas com sistemas simplificados de abastecimento e autorização para a construção de barragens.

Em Brejinho, as obras incluíram a inauguração de um sistema simplificado para atendimento às comunidades de Muçambê e Caldeirão, com investimento de R$ 862.278,49, beneficiando 650 pessoas. Também foi emitida ordem de serviço para construção de três barragens nos sítios Mulungu, Degredo e Caldeirão. Haverá ainda a implantação de um sistema adutor com extensão de três quilômetros na comunidade de São Miguel, para abastecimento humano e produção rural. 
Em Itapetim, será construído um sistema simplificado para as localidades de Sítio Serrinha, Sítio Maniçoba, Sítio Recanto, Cacimba de Pedra e Aroeira, no valor de R$ 450 mil, beneficiando cerca de 375 pessoas. Além do equipamento, três barragens serão implantadas nos sítios Logradouro, Poço Escuro e São Vicente, atendendo a 1,5 mil pessoas. 

As comunidades de Mulungu, Bom Nome e Mandim, em São José do Egito, receberam um sistema de abastecimento, com somas superiores a R$ 1,2 milhão, beneficiando 900 pessoas. Outros dois equipamentos serão construídos em Santa Terezinha, contemplando os moradores de Sítio Alves, Sítio Barriguda, Sítio Macaco e Sítio Pedra D’água. “Pernambuco vem fazendo a diferença, apesar do momento de crise. São ações de grande impacto social na vida dessas pessoas, que antes sofriam com a escassez de água. Símbolo do compromisso do Governador com a população que mais precisa”, pontuou Nilton Mota.

A Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (CAAPE) dá continuidade ao compromisso

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

A Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (CAAPE) dá continuidade ao compromisso de interiorizar suas ações com a realização do projeto CAAPE Presente. Nesta sexta-feira (18), a ação chega às cidades de Arcoverde e Pesqueira, respectivamente, no Sertão e Agreste do estado. “A proposta é levar adiante o compromisso de interiorização de nossas ações, levando os mais variados produtos e serviços para a advocacia de todo o Estado”, afirma o presidente da CAAPE, Bruno Baptista.

Entre as ações que vão ser promovidas estão a vacinação contra o vírus influenza A (H1N1 e H2N3), serviços de manicure, engraxate e massagem, distribuição de brindes e esclarecimento sobre planos de saúde e previdência privada, entre outros. As ações são gratuitas. Para ser atendido, o advogado precisa comparecer ao local portando a carteira da OAB. Em Arcoverde, o CAAPE Presente ocorre das 9h às 13h, na sede da Subseccional da OAB da cidade, localizada na Av. Cap. Arlindo Pacheco de Albuquerque, n.º 316, Centro. Já em Pesqueira, a ação ocorre das 14h às 18h, na sede da Subseccional do município, que fica na Rua Laiete de Freitas, n.º 80, Centro.

A ação faz parte das atividades programadas pela CAAPE para o Mês do Advogado. “Para nós, o advogado é a nossa razão de existir. É por isso que dedicamos não apenas um dia, mas o mês inteiro para a advocacia pernambucana”, afirma o presidente da CAAPE, Bruno Baptista. Comemorado a cada 11 de agosto, o Dia do Advogado faz referência à data na qual foram instituídas, em 1827, as duas primeiras faculdades de Direito do Brasil: a Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (SP) e a Faculdade de Direito de Olinda (PE) – transferida para o Recife em 1854. A programação completa do Mês do Advogado está disponível em www.caape.org.br

Nilton Mota discute implantação de projeto para garantir melhores condições de produção e comercialização em Camocim


O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, participou de reunião em Camocim de São Félix, no Agreste, com os integrantes da Cooperativa de Desenvolvimento da Agricultura Familiar do Estado de Pernambuco (COOPEAFA), na presença de prefeitos de várias regiões, vereadores e lideranças. O encontro foi realizado na última segunda-feira (14/08).  

O objetivo foi discutir formas de agilizar a implantação do projeto de construção da Unidade de Seleção e Beneficiamento de Produtos Hortifrutigranjeiros, visando garantir melhores condições de produção e comercialização, conforme determinação do Governador Paulo Câmara, que tem um olhar especialmente voltado para a agricultura familiar.

“A unidade vai auxiliar no desenvolvimento econômico e social da região de forma decisiva, gerando emprego e renda aos que mais precisam”, pontuou Nilton Mota, que na oportunidade também ouviu os pleitos e sugestões dos participantes da cooperativa.

Participaram da reunião o deputado federal João Fernando Coutinho; o prefeito de Camocim, Giorge do Neno; o vice-prefeito Sóstenes; o prefeito de São Joaquim do Monte, Joãozinho Tenório; o vice-prefeito de Barra de Guabiraba, Valdinho; os vereadores Biu da associação e Ivanize Fonseca; o presidente da cooperativa, Luiz Cristóvão da Silva; e representantes do IPA e do ProRural.

Gleisi Hoffmann: E a fome voltou ao Brasil

segunda-feira, 14 de agosto de 2017


É difícil calcular o tamanho do retrocesso provocado pelo governo Michel Temer em seu breve período como presidente ilegítimo do Brasil. É certo que o ponto mais baixo dessa escalada antidemocrática foi o golpe contra Dilma Rousseff, que terminou sendo deposta por um Congresso Nacional achacador, em sintonia com a mídia, setores do Judiciário e do grande capital. Um ano após a saída de Dilma, ainda não se sabe qual foi o crime de responsabilidade que justificou o impeachment. O que nos resta de certeza é que toda a farsa encenada por Eduardo Cunha, Temer e o PSDB de Aécio Neves serviu apenas para desmontar o Estado brasileiro edificado pela Constituição de 1988 e efetivado por Lula, que em menos de uma década tirou mais de 40 milhões de pessoas da pobreza.

Temer e seus sócios conseguiram a proeza de trazer a fome de volta a milhões de brasileiros, uma posição incômoda e vexatória se levarmos em conta o tamanho de nossa economia e produção agrícola que temos. Nesse “novo” país, os brasileiros mais pobres também já perderam empregos, direitos trabalhistas, crédito estudantil, investimentos em saúde e educação, e ainda viram a suspensão da construção de moradias e de obras de infraestrutura. O próximo passo do consórcio golpista é acabar com a aposentadoria da maioria do povo brasileiro, preservando as mordomias da alta burocracia do serviço público que recebe acima do teto e mais cedo.

O presidente Lula tem insistido que só vamos nos recuperar dessa crise quando colocarmos novamente o pobre no orçamento do país. Porém, a dobradinha formada por PMDB e PSDB age justamente no sentido contrário. Amparados por forte apoio empresarial e a blindagem de sempre da mídia, enterram as esperanças de milhões de brasileiros sob a justificativa de que precisamos fazer sacrifícios para cumprir a meta fiscal. Só não explicam com clareza por que os mais pobres têm que pagar a conta.

Somente na semana passada, mais de 500 mil famílias deixaram o Bolsa Família – em um ano, os cortes já atingem 1,2 milhão de famílias. Essa medida é extremamente covarde, atinge um programa que se transformou em referência mundial no combate à miséria, num momento em que o desemprego não para de crescer, deixando cada vez mais gente dependente do Estado. Nesse cenário, também causa espanto a redução do Programa Farmácia Popular, que atendia 9 milhões de brasileiros. Surpreendentemente, a economia gerada pelos cortes a esses programas é estimada em R$ 200 milhões por ano, dinheiro de troco perto dos R$ 14 bilhões dados ao Congresso Nacional para livrar Temer da cassação por corrupção passiva.

Seja lá qual for a bandeira ideológica que se defenda, é difícil admitir que pessoas passem fome novamente no Brasil, em pleno século XXI. Vivemos uma era marcada pelo conhecimento e pela informação, com nível de riqueza incomparável a qualquer outro período da história.

Nesses tempos difíceis e nebulosos, não podemos fechar os olhos diante do desmonte do Estado promovido pelo governo Temer, que atinge os mais vulneráveis do povo brasileiro. Não podemos abrir mão da solidariedade e da compaixão, da justiça social e da fraternidade. Isso é o mínimo de humanismo que nos resta

Acic e Sebrae divulgam resultado da 24ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana


Cerca de 20 milhões em negócios, aproximadamente 500 compradores, mais de um milhão de peças comercializadas, quase quatro mil pedidos gerados, mais de 1.340 visitantes em três dias de evento. Os números da 24ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana (RNMP) comprovam a força da iniciativa dentro do calendário brasileiro de exposições e feiras do Brasil. A partir desta edição, o potencial de atualização com as tendências do mercado ficou ainda mais evidente, a partir da criação de um espaço externo que aproximou o público dos profissionais da cadeia da moda e da inclusão de uma empresa de Goiás entre as expositoras do evento.

Após 12 anos de realização, a Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) e o Sebrae em Pernambuco continuam demonstrando o fôlego da Rodada de Negócios da Moda Pernambucana para inovar e oferecer um formato de negócio atrativo para expositores e compradores e, agora, também para o público em geral. Na 24ª edição, as novidades começaram pela nova identidade visual do evento. Com o novo espaço, a Rodada de Negócios passou a disponibilizar cinco ambientes de exposição dos portfólios dos profissionais de moda (um estilista, um coletivo de styling, uma produtora de moda, uma consultora de moda e um estúdio de design de estampas), de seus produtos e uma exposição plástica e estética do conceito de moda para visitação.

Para o presidente da Acic, Pedro Miranda, a soma das novas propostas agregou mais interesse de participantes e visitantes pela mais recente edição do evento. “Avaliamos que os resultados da 24ª RNMP foram muito positivos, pois cumprimos todo o planejamento. Ampliamos a área de exposição com um novo layout, que proporcionou mais conforto e funcionalidade para expositores e compradores. Inovamos com a Alameda dos Profissionais, um novo espaço voltado para as pessoas que têm interesse em moda, mas não fazem parte da comercialização. Proporcionamos um happy hour regional para os expositores e compradores e ainda preparamos uma equipe para acompanhar todo o período pós-venda. Além disso, iniciamos as discussões no Comitê Gestor para implantação de novas medidas para fazer a próxima edição ainda melhor e maior”, enfatizou.

A participação de uma empresa de Goiânia foi outra novidade que acrescentou mais opções aos compradores que vieram de todas as regiões do País. Assim, o mix de expositores aumentou e empresas dos estados da Paraíba, do Ceará, do Rio Grande do Norte e de Goiás se somaram às representantes de Pernambuco na Rodada de Negócios. Fornecedoras de peças de surf wear/street wear, praia, fitness, moda íntima, bebê/infantil, jeans, moda feminina, moda masculina e de calçados e acessórios, as expositoras lançaram suas coleções primavera/verão 2018 e apresentaram as tendências para as estações mais quentes do ano.

 A empresária Flávia Ribeiro da Khato Jeans se baseou na experiência bem sucedida como compradora do evento e, na 24ª edição, tornou-se uma expositora da RNMP, fazendo da sua empresa a primeira de fora do Nordeste a participar como fornecedora. “A Khato Jeans veio para a Rodada de Negócios em busca de novos clientes, porque eu sei que o evento é o lugar ideal para isso. Trouxemos um produto de qualidade e de preço bom, assim como meus concorrentes. Eu já participei como compradora e, desde então, tive a certeza que como expositora também obteria êxito e que faríamos bons negócios. Somos de Goiás, Estado famoso pela cultura do sertanejo, que se reflete nas confecções. Nosso forte são as calças jeans mais justas que os clientes gostam, inclusive por serem usadas por ídolos da música”, disse.

Entre os compradores, a importância de participar do evento também é uma unanimidade. “Para nós, a Rodada sempre é bem produtiva. Conhecemos marcas novas, adiantamos bem nossas compras e sempre fazemos bons negócios”, afirmou a empresária do setor de confecções Jucilene Lima, de Cuiabá, no Mato Grosso, que, inclusive, foi o estado que mais comprou na 24ª RNMP. Vindo da região Sul do Brasil, Rodrigo Luís e Souza, de Guaramirim (SC), que é proprietário de uma indústria de confecções, aprovou a iniciativa. “Participamos pela primeira vez. É um evento com um grande porte e com muitas opções. Adquirimos muita experiência e conhecemos ótimas marcas. Foi muito gratificante estar entre os compradores”.

Entre as apostas das marcas expositoras do evento para primavera/verão 2018, o tropicalismo e as texturas se destacam. A empresária Ednete Cordeiro, da grife de roupas femininas Edmilly, que participou pela primeira vez do evento, trouxe os cenários típicos do tropicalismo para as peças. “O tropical é nossa maior inspiração para esta coleção, buscamos transmitir em nossos tecidos e estampas a essência deste universo paradisíaco através da beleza das flores, do frescor das plantas e da alegria das frutas”. Na moda fitness, as texturas se sobressaem na opinião da empresária da Saka Verão, Gabriela Arruda. “Nas roupas para academia investimentos em tecidos de diferentes texturas nos shorts, saias, calças, camisetas de manga e regatas”.

A Rodada de Negócios da Moda Pernambucana contou com o patrocínio do Banco do Nordeste e do Governo Federal e com o apoio do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Pernambuco (Sindivest-PE), da Associação Comercial e Industrial de Toritama (Acit), da Associação Comercial e Empresarial de Surubim (Aciasur) e da Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap) na realização da 24ª edição. 

543 mil benefícios do Bolsa Família são cortados.

sábado, 12 de agosto de 2017


O líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (RJ) reagiu com indignação à informação de que o atual governo cortou – de forma drástica e sem nenhuma explicação prévia – o número de beneficiários do programa Bolsa Família.

Em julho, o programa registrou a maior redução em relação ao mês anterior desde seu lançamento, pelo presidente Lula, em 2003. Entre junho e o julho passado, o número de benefícios encolheu em 543 mil famílias.

“É impressionante o que tem acontecido no País desde o golpe. Desde a saída da presidenta Dilma, já são mais de um milhão de benefícios cortados. Fora as cerca de 500 mil famílias que estão na lista de espera e o governo não ajuda. Fazer esses cortes num momento de recessão violentíssima e que o Brasil está voltando ao Mapa da Fome da ONU é um crime. Tudo isso em nome do ajuste fiscal”, criticou Lindbergh.

A presidenta Dilma Rousseff também se manifestou contra o corte anunciado pelo atual governo. “Quando deixamos o governo, devido ao golpe, havia 13,9 milhões de famílias recebendo o benefício do Bolsa Família ao custo de R$ 27 bilhões. Hoje, são beneficiados 12,7 milhões de famílias. Uma queda de 1,2 milhão de famílias. A rede de proteção social do Bolsa Família está sendo furada por esse governo ilegítimo e iníquo”, disse.

Ao todo, o programa pagou 12.740.640 famílias em julho. O número de benefícios pagos foi o menor desde julho de 2010, quando foram pagas 12.582.844 bolsas. Se compararmos julho de 2014 com o mesmo mês de 2017, houve uma redução de 1,5 milhão de bolsas pagas. Mesmo com os cortes, ainda há mais de meio milhão de famílias na lista de espera para ingressar no programa, sem previsão.

De acordo com reportagem veiculada pelo “UOL”, o Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário, atual responsável pelo programa, se limitou a explicar o corte “de forma genérica” e culpar a irresponsabilidade fiscal do governo Dilma.

“O Palácio do Planalto fez uma opção clara pelos mais ricos. Essas 543 mil famílias retiradas agora do programa custariam menos de R$ 100 milhões por mês. O governo ilegítimo vai colocar a conta do pato nas costas dos mais pobres”, enfatizou Dilma.

O senador Lindbergh também manifestou preocupação com o fato de o governo Temer mostrar, mais uma vez, sua predileção por colocar a culpa do mau momento econômico e fiscal por qual passa o País nas costas dos trabalhadores mais pobres.

“Esse ajuste fiscal está sendo feito em cima dos mais pobres, de políticas públicas. Eu vi o que Michel Temer fez para comprar votos na Câmara dos Deputados. Cerca de 4 bilhões gastos em emendas, 10 bilhões em anistia de dívidas de ruralistas que deviam a Previdência Social. Tem todo tipo de anistia para banqueiros e grandes empresas. Esse corte no Bolsa Família é uma grande covardia”, classificou o senador.

Na avaliação da presidenta, o argumento da ausência de recursos não se justifica, já que houve a farta liberação de recursos por parte do atual governo para facilitar o arquivamento da denúncia da Procuradoria Geral da República contra Michel Temer na Câmara dos Deputados.

Essa prática, de acordo com Dilma, torna inadmissível “reduzir os programas sociais”. Ainda mais o “Bolsa Família que protege as famílias brasileiras mais pobres. Isso é estarrecedor. As ‘bolsas’ concedidas [aos deputados] em menos de seis meses pelo governo ilegítimo representam quase metade do Bolsa Família anual”, emendou Dilma.

Quando foi lançado, em 2003, durante o primeiro mandato do presidente Lula, o programa atendia 3,6 milhões de famílias – a maioria já recebia benefícios menores que foram extintos, como o Bolsa Alimentação, o Vale Gás e o Bolsa Escola.

Do PT no Senado

O secretário de Agricultura Nilton Mota tem sido bastante elogiado por prefeitos de todo o estado


Agricultura – O secretário de Agricultura Nilton Mota tem sido bastante elogiado por prefeitos de todo o estado,  pois tem colocado a pasta para funcionar de uma forma que há muitos anos não se destacava em Pernambuco. Com investimentos robustos e ações efetivas para fortalecer o segmento em Pernambuco, Nilton Mota é considerado um dos melhores auxiliares do governador Paulo Câmara e grande mediador nas estratégias políticas do PSB em Pernambuco.

Mota tem interagido em todo o estado com os prefeitos , levando um conjunto de obras que é reconhecido e elogiado até mesmo pelos opositores. Segundo o secretário de Agricultura afirmou, ele  recebe orientação do governador Paulo Câmara, para tratar os municípios igualitários, isso tem sido uma pauta do Governo do Estado, isso faz com que Pernambuco se destaque nacionalmente, inclusive na questão do equilíbrio financeiro que tem o nosso Estado.

Equipamento entregue pela SARA beneficia agricultura familiar em Maraial, na Mata Sul

sexta-feira, 11 de agosto de 2017



Mais de 500 agricultores em Maraial, na Mata Sul, foram beneficiados com a entrega de um equipamento agrícola pela Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária. Em evento na Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira (10/08), o secretário Nilton Mota, o prefeito Marquinhos Moura, o deputado estadual Dr Valdir e o presidente da cooperativa dos agricultores familiares de Corubas, Vereador Roberto de Corubas,    assinaram o termo de cessão de uso do trator 4x4. 

O equipamento, no valor aproximado de R$ 96 mil, de recursos de emenda parlamentar de autoria do deputado Dr Valdir, é destinado para apoio à produção rural, proporcionando maior economia e agilidade nos atendimentos às demandas, inclusive nos locais de difícil acesso. 

"Nos últimos dois anos, investimos mais de R$ 25 milhões destinados exclusivamente à aquisição e entrega de tratores, perfuratrizes e caminhões, com recursos provenientes de convênios, contratos de repasse e emendas parlamentares, para estimular a produção agrícola do nosso Estado, sobretudo a nossa agricultura familiar, principalmente pela prioridade do Governador Paulo Câmara em atender os menos favorecidos de Pernambuco", afirmou Nilton Mota. 

Também foi autorizada a instalação de uma unidade técnica demonstrativa do cultivo da banana, através do IPA. Secretários municipais, vereadores e demais autoridades estiveram presentes, além do Prefeito de São Benedito do Sul, Juninho Amorim.

Lula pelo Brasil: Da Bahia ao Maranhão


A viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos estados do Nordeste, entre agosto e setembro, é a primeira etapa de um projeto que deve alcançar todas as regiões do país nos meses seguintes.

O projeto Lula Pelo Brasil é uma iniciativa do PT com o objetivo de perscrutar a realidade brasileira, no contexto das grandes transformações pelas quais o país passou nos governos do PT e o deliberado desmonte dos programas e políticas públicas de desenvolvimento e inclusão social, que vem sendo operado pelo governo golpista nos últimos dois anos.

Essa iniciativa do PT conta também com a participação da Fundação Perseu Abramo, que acaba de lançar o Programa Brasil em Movimento, com o objetivo de elaborar uma estratégia para o futuro do país.

O legado dos governos Lula e Dilma é elemento central da disputa política e ideológica no Brasil atual. Daí a necessidade de recuperar este legado e avaliar criticamente os resultados das políticas transformadoras do PT, para defender o que está sendo ameaçado, corrigir o que não deu resultado e elaborar propostas para fazê-las avançar.

Diagnósticos dessa amplitude se produzem normalmente por meio de seminários, debates, oficinas, recolhendo as contribuições da academia e da sociedade organizada. O Projeto Lula Pelo Brasil vai acrescentar a esses debates a escuta direta do povo e a avaliação in loco dos programas e políticas públicas implantados nos governos do PT.

Viajar pelo Brasil, conversando com as pessoas, não é novidade para Lula. Ele percorreu o país nos anos 1970, para organizar o novo movimento sindical; nos anos 1980, para construir o PT; nas Caravanas da Cidadania, de 1992 a 1994, para construir um programa de governo de baixo para cima. Na presidência, recusou-se a ficar encastelado no Planalto e continuou percorrendo o Brasil.

Esse modo de atuar na política junto com o povo diferencia Lula de outras lideranças nacionais. Lula é provavelmente o brasileiro que mais conhece o país e nossa gente. A experiência que ele acumulou, nas campanhas e na presidência, vai qualificar as avaliações, diagnósticos e a elaboração de um pensamento estratégico para o país.

O Projeto Lula Pelo Brasil também contribuirá para dar visibilidade ao legado social e econômico dos governos do PT. A Rede Globo e os grandes jornais e revistas adotam sistematicamente duas atitudes em relação este legado: a censura ou a manipulação ideológica, num esforço cotidiano de desconstrução.

Programas como o Bolsa Família foram e continuam sendo alvo de campanhas difamatórias e preconceituosas. Outros, como o Programa de Aquisição de Alimentos , são solenemente ignorados, sepultados sob o silêncio. E outros, como a política de conteúdo nacional nas encomendas da Petrobrás, foram até criminalizados.

A Rede Globo não quer apenas negar ao PT e a Lula o direito de atuar politica e eleitoralmente; precisa apagar a obra de nossos governos que é, em última análise, a razão pela qual Lula é reconhecido como o melhor presidente brasileiro de todos os tempos e segue como ameaça permanente ao projeto neoliberal.

As viagens de Lula pelo Brasil vão contribuir para desinterditar o debate sobre os projetos para o pais.

A programação da viagem ao Nordeste inclui o lançamento, em duas capitais, da terceira etapa do Memorial da Democracia. Trata-se, como se sabe, de um projeto do Instituto Lula, em parceria com a Fundação Perseu A bramo, que reconstituiu a história da luta pela democracia no Brasil do ponto de vista das classes populares e seus aliados.

A entrega dessa contribuição ao público, durante a viagem, demonstra que continuamos trabalhando em favor do Brasil, mesmo nas duras circunstâncias do golpe e da perseguição judicial e midiática.

Armando contesta ministro: não há espaço para concorrente da Hemobrás


O senador Armando Monteiro (PTB-PE) ocupou, nesta quinta-feira (10), a tribuna para contestar a argumentação do ministro da Saúde, Ricardo Barros, segundo a qual o País comporta dois fabricantes do fator recombinante, insumo essencial no tratamento da hemofilia, previsto para ser produzido na  Hemobrás, a estatal de hemoderivados. “Não nos parece viável a tese, pois temos só um principal e único cliente do produto, que é o Ministério da Saúde”, rebateu.

O ministro da Saúde tem insistido na tese de que há mercado no País para mais de um produtor ao defender o projeto para uma fábrica do fator recombinante em Maringá, seu principal reduto eleitoral, o que retiraria da Hemobrás a produção em Goiana do insumo, de alto conteúdo tecnológico e elevado valor agregado. O empreendimento proposto por Barros é uma associação do grupo suíço Octopharma com a Tecpar, instituto de tecnologia do governo paranaense.

RISCOS - Em seu pronunciamento no plenário defendendo a Hemobrás, Armando Monteiro alinhou cinco riscos principais na interrupção do PDP (Parceria para Desenvolvimento Produtivo) em execução entre a Hemobrás e o grupo irlandês Shire e no projeto da Octopharma com a Tecpar. Apontou, em primeiro lugar, riscos na reputação do país por quebra de contrato com empresa internacional reconhecida globalmente e de defasagem tecnológica, já que é de 25 anos o prazo de transferência de tecnologia oferecido pela Octopharma.

O senador pernambucano afirmou também haver fragilidades jurídicas e institucionais  no projeto do grupo suíço, por envolver acordo de transferência de tecnologia com prazo superior ao limite de 10 anos estabelecido na legislação das PDPs, na Lei de Licitações e na Lei de Inovação. Disse existir insegurança na política de preços sugerida pela Octopharma e enfatizou que a transferência para o Paraná da produção do fator recombinante prejudica a política de desenvolvimento regional, ao afetar o Nordeste. 
  
“Irei lutar, juntamente com toda a bancada federal de Pernambuco, para que a Hemobrás possa receber os ganhos de inovação que permitam a inserção na fronteira tecnológica internacional dos hemoderivados, ancorando o Polo Farmacoquímico e de Biotecnologia de Goiana”, concluiu Armando Monteiro.

Compesa anuncia melhorias no abastecimento de água de Bezerros


Barragem Brejão está vertendo, no entanto, diminuição do calendário foi possível graças à conclusão parcial de obra de ampliação da ETA Bezerros

O presidente da Compesa, Roberto Tavares, esteve hoje (11) em Bezerros, na região Agreste, à pedido do governador Paulo Câmara, para acompanhar o andamento da obra de ampliação da Estação de Tratamento de Água (ETA) Bezerros, e também para anunciar a redução no calendário de abastecimento da cidade. A população já estava recebendo mais água nas torneiras em fase de testes e agora  está em vigor o novo rodízio, com uma redução de 18 dias no intervalo sem água. O novo rodízio estabelece três ou quatro dias com o água por semana, dependendo do bairro. Antes, o intervalo era de 26 dias. Dessa vez, a melhoria na distribuição de água não se deve apenas às chuvas, é resultado da soma de dois fatores. A Barragem Brejão, localizada em Sairé e principal manancial que atende Bezerros, atingiu sua capacidade máxima de acumulação (1,6 milhão metros cúbicos), e está vertendo. Mas o aumento da produção de água só foi possível porque a companhia conseguiu antecipar os benefícios da obra na ETA, que está 50% concluída, mas já permitiu dobrar a vazão de água tratada – de 80 para 160 litros de água, por segundo.

A ETA Bezerros recebe o investimento de R$ 8,5 milhões feito pelo Governo do Estado através da Compesa, em parceria com o Governo Federal. A estação está sendo modernizada e ampliada. Terá sua capacidade de tratamento aumentada para 370 l/s, com a construção de novas unidades de filtração, adaptações no canal de chegada de água bruta e na unidade de decantação, além da implantação de novas instalações para desinfecção. A previsão é que a obra seja concluída em dezembro deste ano. “Embora essa obra ainda não tenha sido finalizada, fizemos um planejamento para aumentar o volume de água tratada na ETA, antecipando o uso das unidades de floculação e os decantadores, que já estão prontos”, esclarece Roberto Tavares, pontuando que a ampliação da ETA foi planejada pensando na contribuição de água que Bezerros receberá, no futuro, da Adutora do Agreste e da Adutora de Serro Azul.

Bezerros entrou em colapso em janeiro deste ano, quando a Barragem Brejão chegou ao seu volume morto. Nesse período, o Governo do Estado e a Compesa executaram a obra emergencial da Transposição do Rio Sirinhaém, no município de Barra da Guabiraba, para o Sistema Brejão, o que possibilitou o retorno da distribuição de água pela rede, no final de março. Brejão teve uma excelente recuperação ao longo do período de inverno e também voltou a fornecer água para Bezerros, no mês de junho. “A partir do momento que Brejão parar de sangrar, voltaremos a utilizar a água da Transposição do Rio Sirinhaém para abastecer a cidade, como medida de preservação da vida útil da barragem. Brejão cheia é uma segurança para enfrentamos o próximo período de seca”, explica o presidente da Compesa.

Secretaria de Agricultura entrega 28 ensiladeiras para os municípios do Moxotó e do Pajeú.



Reforçando o compromisso com o homem e a mulher do campo, o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, realizou a entrega de 28 ensiladeiras ao Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú (Cimpajeú), em evento realizado nesta sexta (11/08) em Afogados da Ingazeira. Os equipamentos vão contemplar 22 municípios nas regiões do Moxotó e do Pajeú,  beneficiando mais de 10 mil pessoas.

Na solenidade estavam presentes o Deputado Federal Danilo Cabral; o Presidente do Consórcio e Prefeito da cidade de Flores, Marconi Santana; o Prefeito de Afogados, José Patriota, além de prefeitos integrantes do consórcio, representantes das Organizações Sociais e trabalhadores rurais. "O secretário Nilton Mota tem agido de forma muito atuante na agricultura e não mediu esforços para realizar essas entregas no dia de hoje, que serão de muita importância para aproveitamento das forragens nessas regiões", discursou o presidente do Cimpajeú.  

Esta foi mais uma ação estratégica da Secretaria de Agricultura, fruto de parcerias entre os governos estadual, municipal e federal e Organizações Sociais. As ensiladeiras foram adquiridas por meio de convênio, e chegam para reforçar a produção e estoque de forragens, como alternativa de convivência com o semiárido, garantindo a  alimentação do rebanho, sobretudo de pequenos animais. 

 "A entrega dessas ensiladeiras são símbolos que marcam nossa trajetória, num momento tão desafiador que estamos vivenciando, sobretudo num período de estiagem que atravessamos. Desde o início do Governo de Paulo Câmara, investimos mais de R$ 25 milhões apenas em equipamentos. Somadas a outras ações, como as obras hídricas, estamos fazendo a diferença para os nossos agricultores familiares no presente, mas com o olhar voltado para o futuro", disse o secretário Nilton Mota.

Estiveram presentes as representantes da Sociedade Civil Organizada, Riva de Almeida e Anchieta; o Promotor de Justiça de Afogados da Ingazeira, Lucio Luiz; e a Diretora-presidente da Adagro, Erivânia Camelo.

Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página