Pernambuco tem 153 cidades com risco elevado para transmissão de dengue, zika e chikungunya

sábado, 22 de julho de 2017


O 4º Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), que monitora a quantidade de imóveis com a presença de larvas do mosquito, mostra que 153 municípios pernambucanos estão em situação de risco elevado para transmissão de arboviroses, como dengue, zika e chikungunya. Isso representa 83% de todo o estado. Doze cidades ainda não informaram o resultado das inspeções.
De acordo com os dados do 4º ciclo, coletados até sábado (15) pela Secretaria de Saúde, 85 cidades estão em risco de surto e 68 encontram-se em situação de alerta. Dezenove municípios têm dados satisfatórios. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (20).

Na quarta-feira (12), o complemento do 3º levantamento feito pela Secretaria de Saúde apontou problemas em 163 localidades. O levantamento anterior, no entanto, só não contou com dados de duas cidades: Tracunhaém, na Mata Norte, e Venturosa, no Agreste.

Do G1
Últimas Postagens

Visualizações de página

Facebook