Operação Chacal prende suspeitos de homicídios e tráfico

sexta-feira, 5 de maio de 2017


Homicídios, tráfico e associação para o tráfico. Esses são os crimes cometidos pela quadrilha procurada pela Polícia Civil durante a Operação Chacal. Os detalhes foram divulgados na manhã desta sexta-feira (5) pelo chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle do Amaral.

A operação começou às 5h desta sexta. O grupo atuava sobretudo no bairro da Várzea, na Zona Oeste do Recife. "A gente espera uma redução significativa dos homicídios nessa área, além de elucidar outros crimes com a divulgação das imagens deles", afirma Kehrle. 

Foram emitidos dez mandados de prisão preventiva, cinco destes já cumpridos. Ainda serão efetuadas mais prisões. O grupo é responsável por seis homicídios e dois outros foram evitados - tudo por causa das disputas de tráfico. Os dois principais líderes foram presos, de acordo com Kehrle: Júnior Vanderlei Pereira da Silva, de 27 anos, e Juliano Pereira da Silva, de 28. Também foram detidos João Cassio da Silva Damasceno, o "Cassinho", preso no bairro da Iputinga; Atos João da Silva, preso na Várzea; e Alec Edson de Santana, em Camaragibe.

"Temos apenas um foragido, dos dez mandados, mas os líderes foram capturados, o que significa, para a polícia, a desarticulação dessa organização e a captura deste último em um breve espaço de tempo", assegura o gestor.


Fonte;Folha de Pernambuco
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página