Voto de Protesto: Ossesio Silva repudia declarações de Jair Bolsonaro contra quilombolas

terça-feira, 11 de abril de 2017


Frases proferidas pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) durante palestra no Rio de Janeiro merecerão Voto de Protesto, a ser apresentado pela Comissão de Cidadania,  a pedido do deputado Bispo Ossesio Silva (PRB). Em discurso no Plenário da Alepe nesta terça (11), Silva repudiou a postura do congressista, classificando suas declarações a respeito da comunidade quilombola como “desastrosas e infelizes”.

Na semana passada, em evento organizado em clube da comunidade judaica na capital fluminense, Jair Bolsonaro afirmou: “Eu fui num quilombo. O afrodescendente mais leve de lá pesava sete arrobas. Não fazem nada. Eu acho que nem para procriador ele serve mais”.

Ossesio Silva lembrou que o autor das afirmações contou com mais de 300 mil votos, na última eleição, em um Estado onde a maioria da população é negra. “Esse infeliz deputado, que será candidato a presidente e não será eleito, conseguiu ofender a todos os seus eleitores em uma única frase”.

Para o deputado estadual, as manifestações do congressista ridicularizaram a população negra e as comunidades quilombolas. “Pessoas que passaram a vida sendo perseguidas e excluídas da sociedade, com quem o Brasil tem uma dívida histórica e impagável, jamais poderiam ser comparadas à condição de animais”, afirmou.

Presidente da Comissão de Cidadania, Edilson Silva (PSOL) se somou ao posicionamento do parlamentar do PRB. “Contamos com a anuência de todos os colegas para aprovarmos esse Voto de Protesto contra aquela postura, que trata os negros como se fossem animais, que tivessem de ser valorados pela capacidade de procriar”, registrou.

Últimas Postagens

Visualizações de página

Facebook