Terezinha Nunes quer inutilização de cédulas em caso de assalto a caixa eletrônico

quarta-feira, 8 de março de 2017


A deputada Terezinha Nunes (PSDB) divulgou, durante a Reunião Plenária desta terça (7), o Projeto de Lei Ordinária n° 1.217/2017, de sua autoria, que busca coibir assaltos a caixas eletrônicos. A proposição obriga os estabelecimentos bancários e financeiros a instalar tecnologias capazes de inutilizar as notas de dinheiro em casos de arrombamento, choque, aumento da temperatura e qualquer outro tipo de tentativa de abertura não autorizada desses equipamentos.
A parlamentar citou dados da Secretaria de Defesa Social que apontam a ocorrência, no Estado, de 58 assaltos a bancos, com explosão de caixas eletrônicos, de janeiro a setembro de 2016. A tucana frisou que esses crimes motivaram o fechamento de agências no Interior, deixando a população com dificuldade para receber salários e aposentadorias.
A lei, se aprovada, valerá para agências, postos de atendimento, subagências, seções e caixas eletrônicos de bancos, caixas econômicas, sociedades de crédito, associações de poupança e cooperativas singulares de crédito. “Já existe uma tecnologia desenvolvida no País para fazer com que as cédulas sejam manchadas na hora de uma explosão, inutilizando o numerário. Se os bandidos ficam sabendo que as agências utilizam esses dispositivos, vão deixar de assaltar os bancos”, sustentou.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página