Rebanho Caroatá recebe Medalha Joaquim Nabuco

quarta-feira, 8 de março de 2017


O Rebanho Caroatá, fundado em 1998, em Gravatá, pelo pecuarista Luiz Felipe Brennand, recebeu a Medalha Joaquim Nabuco, Classe Ouro, em Reunião Solene na Assembleia Legislativa.  O autor da homenagem, realizada na noite desta terça (7), foi o deputado Lucas Ramos (PSB). Focado no melhoramento genético de raças para a produção de carnes de alta qualidade, tornou-se referência na criação de caprinos e ovinos.

A empresa pernambucana realiza eventos para estimular o investimento em animais de elite e o melhoramento genético. O grupo apostou na importação de caprinos da raça Boer, dos Estados Unidos, e de embriões de ovinos Dorper, da África do Sul. Além das raças de outros países, o grupo vem conseguindo bons resultados com o ovino Santa Inês, originário do Brasil. O Rebanho Caroatá investiu, ainda, na criação do gado Sindi, raça proveniente do Paquistão, que se destaca pela produção de leite e adaptação às condições climáticas do Nordeste.

O deputado Antônio Moraes (PSDB), que presidiu a Reunião Solene, ressaltou que a Medalha Joaquim Nabuco reconhece pessoas físicas ou jurídicas que contribuem para o desenvolvimento ou o bem-estar social no Estado. “Cumprimentamos a empresa pelo trabalho e pelo investimento em prol do crescimento da pecuária em Pernambuco”, frisou.

Segundo Lucas Ramos, Luiz Felipe Brennand, falecido em 2012, foi um visionário. “Com inovação e ousadia, ele iniciou a história do que é hoje o mais respeitado rebanho de ovinos e caprinos do País”, enalteceu.

A diretora do empreendimento, Luiza Brennand, filha do criador da empresa, falou do orgulho pelo recebimento da honraria: “Acho um bom sinal que as autoridades vejam que nosso trabalho é importante não só para Pernambuco, mas para a Região Nordeste, que tem uma vocação muito forte para a pecuária”, enfatizou.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página