Assembleia presta homenagem a jornalista Francisco José

quarta-feira, 15 de março de 2017


No livro 40 Anos no Ar, que acabou de lançar, Francisco José narra a saga de uma intensa vida em sua atividade jornalística na televisão, marcada por visitas a vários países e mergulhos nos sete mares. A trajetória de quatro décadas de atuação do profissional foi lembrada, nesta quarta (15), em Reunião Solene na Assembleia Legislativa. A iniciativa da homenagem foi do deputado Aluísio Lessa (PSB).

Cearense da cidade do Crato, Francisco José de Brito veio para o Recife aos 11 anos. No jornalismo, Chico começou como repórter esportivo do antigo Diário da Noite. Nesse período, iniciou suas viagens pelo mundo, fazendo matérias nos cinco continentes, cobrindo, inclusive, edições dos Jogos Olímpicos.

No livro 40 Anos no Ar, o profissional reúne diversas histórias sobre sua trajetória. Nas reportagens especiais para vários programas da Rede Globo, o jornalista mostrou o Nordeste em rede nacional. Francisco José já recusou convites da emissora para morar e trabalhar no Rio de Janeiro, preferindo permanecer no Recife.

Atualmente, Chico figura entre os mais conceituados jornalistas brasileiros e, ao lado da esposa, a também jornalista Beatriz Castro, apresenta o programa Nordeste Viver e Preservar.

O deputado Zé Maurício (PP) presidiu a cerimônia e registrou “que o Legislativo pernambucano faz uma justa homenagem a Francisco José e o felicita também pelo lançamento do livro com as memórias de seu importante trabalho”.

Aluísio Lessa parabenizou o repórter por sua história de vida. “Ele se tornou exemplo para os colegas e hoje é uma grandes reservas do jornalismo nacional’, ressaltou.  

Francisco José recebeu uma placa comemorativa da Assembleia. Emocionado, o jornalista agradeceu a iniciativa da Casa Joaquim Nabuco, comentando “que, após 40 anos, continua com o mesmo estímulo de sempre para realizar seu ofício”.


Últimas Postagens

Visualizações de página

Facebook