Bebê de um ano e dois meses é assassinado

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Fim de semana violento em Pernambuco. Do sábado (11) até o domingo (12), houve desde morte a paulada até assassinato de um bebê de 1 ano 2 meses. Davi Anderson Pereira morava com a mãe, Milena Larissa Pereira, 18, e o padrasto, Ronaldo Ferreira do Nascimento, no distrito de Camela, em Ipojuca, no Litoral Sul do Estado, e levou vários tiros no tórax. A criança não resistiu aos ferimentos e morreu na UPA de Camela, para onde foi socorrida. 

A polícia acredita que o crime foi motivado por um acerto de contas devido a tráfico de drogas, pois os bandidos entraram na casa encapuzados e armados como pistolas e espingardas, já atirando, sem chances para qualquer reação. A mãe sofreu apenas um ferimento no braço direito e já recebeu alta. O padrasto, ferido gravemente no tórax, foi transferido para o Hospital Dom Hélder Câmara.
Na zona rural de Buíque, no Agreste do Estado, uma mulher de 19 anos foi morta a pauladas pelo marido. O pai do suspeito, que ainda está foragido, disse que o filho ingeriu bebida alcoólica antes de praticar o assassinato brutal, no sábado. Ainda não se sabe o motivo do crime.

Em Toritama, no Agreste, dois jovens foram mortos a tiros e ainda tiveram os corpos carbonizados. Os assassinos ainda atearam fogo na casa onde as vítimas estavam, na manhã de ontem. Um dos jovens tinha apenas 15 anos, mas o outro ainda não foi identificado pelo IML de Caruaru.
No Recife, moradores do Cordeiro relataram à Folha terem ouvido tiros nas imediações da Avenida do Forte. De acordo com a Polícia Militar, no entanto, foi registrado apenas um tumulto no local, onde ocorria o desfile do bloco Cordeiro Folia. O Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI) estava no local e dispersou a confusão. 

Já em Olinda houve morte e tentativa de homicídio em menos de quatro horas, no domingo à tarde. Alex Marques da Silva, 22, levou cinco tiros em Peixinhos e está internado no Hospital da Restauração. Em Rio Doce, outro jovem levou três tiros na Rua 5. No Córrego do Abacaxi, um homem ainda não identificado, com idade entre 20 e 30 anos, foi a óbito com quatro tiros.
Nas ladeiras do Sítio HIstórico, no entanto, tudo tranquilo para quem foi brincar as prévias carnavalescas. O policiamento podia ser visto nas principais ruas do Sítio Histórico, monitorando o movimento de foliões.

Fonte :Folha de Pe.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página