PM entra em presídio no RN para retomar controle

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte entrou no Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta (25 km de Natal), por volta das 11h30 (12h30 no horário de Brasília) desta segunda-feira (16) para tentar retomar o controle do local.

Desde a manhã de hoje, há um clima tenso na cadeia com troca de ameaças entre membros das facções Sindicato do RN e PCC (Primeiro Comando da Capital) e ocupação os telhados dos pavilhões de Alcaçuz.

Uma rebelião no fim de semana terminou com ao menos 26 detentos mortes no presídio. O massacre foi atribuído ao PCC, que atacou integrantes da facção rival, segundo o governo do Estado.

A operação de hoje está sendo conduzida por homens do Batalhão de Choque, Batalhão de Operação Especiais e Grupo de Intervenção Tática Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania), formado por agentes penitenciários.

A assessoria de comunicação da Polícia Militar não confirmou o efetivo total da operação, mas há a informação de que envolve pelo menos 200 homens.
Em nota, o governo do Estado declarou que, "em virtude das instalações do presídio estarem bastante danificadas, por causa das últimas ocorrências, e por ainda concentrarem detentos nas áreas internas, tem sido um trabalho difícil e demorado". 
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página