A morte de Jucazinho.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Foto: Giovanny Garcia Vasconcelos

A Barragem de Jucazinho, localizada no Município de Surubim no agreste pernambucano, encontra-se com menos de 0,01% de sua capacidade total. Ela pode comportar 327 milhões de metros cúbicos água, nós quais eram abastecidos todos os municípios do agreste e cidades de grande porte do nosso estado.Ela atingiu o menor volume de toda sua história,surgindo em suas margem construções submersas com mais de 20 anos, que ainda tentam manter a intima sustentabilidade.

Em suas Margens, já foram um grande pólo atrativo de turistas, em diversos trechos encontrava-se os banhos, onde era muito frequentado, trazendo renda e emprego para moradores daquela localidade.No seu atual cenário, apenas os urubus vivem em tempos de fartura,desfrutando das carcaças de animais mortos, que viraram paisagem pela falta de comida e água. Sol forte e plantações destruídas são cenas cotidianas, que refletem um povo castigado pela seca.

Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página