Carlos Maurício volta a ser nome mais cotado da oposição para Prefeitura de Casinhas

segunda-feira, 7 de março de 2016

Carlos Maurício - Foto - (1º da esquerda para direita) reuniu lideranças de Casinhas com os deputados Danilo Cabral e Nilton Mota, que vão definir os nomes do partido para sucessão

O diretor do Hospital regional de Limoeiro, Carlos Maurício Guerra (PSB), voltou a ser o nome mais cotado, nos bastidores, para encabeçar a chapa da oposição na disputa pela Prefeitura de Casinhas.

Maurício foi secretário de Governo e assessor especial do então prefeito João Camêlo, e foi apontado, inclusive, como o candidato governista preferencial para a sucessão, entretanto teve a candidatura preterida, no pleito passado. Situação e oposição acabaram firmando um acordo, que o tirou do páreo.

Este ano, o nome do ex-prefeito voltou a ser colocado pelo PSB, mas como a Câmara de Vereadores de Casinhas, seguindo recomendação do Tribunal de Contas do Estado, rejeitou as contas de 2009 da gestão de Câmelo, as chances de emplacar o nome para uma nova disputa ficou complicada. 

Assim, o nome do ex-secretário volta ao topo da lista para encabeçar a chapa oposicionista. Carlos Maurício, inclusive, teria a preferência do ex-prefeito por ter perfil político semelhante ao dele. Nesta perspectiva, ele teria como vice Bruno Camêlo, filho do ex-prefeito, o que teria identificação com o eleitorado jovem.

Recentemente, Carlos Maurício foi anfitrião de um encontro que reuniu lideranças de várias cidades da região com os deputados Danilo Cabral e Nilton Mota, que vão definir os nomes do partido para sucessão municipal.

Ainda estariam na disputa pela vice, as vereadoras Maria Pires e Verônica Geris. A articulação da oposição em Casinhas foi destaque na Coluna Ponto a Ponto, assinada pelo jornalista Aldo Vilela, no Diário de Pernambuco, e no blog aldovilela.com.br

Fonte :Casinhas Agreste
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página