Miguel Coelho discute situação da rede de saúde militar com comandante da PM

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Após receber diversas reclamações da corporação sobre o sistema de saúde que atende os policiais e bombeiros pernambucanos, os deputados estaduais Miguel Coelho e Joel da Harpa visitaram, nesta terça-feira (08), a sede do comando geral da Polícia Militar, no Recife. No encontro, os parlamentares discutiram a situação dos hospitais militares, além do plano de atendimento médico dos cerca de 70 mil usuários ativos e inativos da rede militar.



Entre os principais gargalos apontados pelo comando está a diminuição de recursos para subsidiar o setor por conta da queda na arrecadação no estado. A redução de receita e os ajustes no orçamento da PM têm dificultado a manutenção da rede hospitalar e o pagamento de convênios com as prestadoras de serviços e profissionais da saúde.



Durante a conversa, o deputado Miguel Coelho propôs a criação de um grupo técnico composto por oficiais, associações de cabos e soldados, parlamentares e Governo do Estado para fechar uma pauta de prioridades para melhorar o sistema. “É um momento difícil para nosso estado com essa crise econômica. Mas o militar e seus familiares precisam de um atendimento médico de qualidade para ter a tranquilidade de oferecer a segurança a todos os pernambucanos. Acredito que a criação de uma agenda de prioridades, poderá ajudar a encontrar um ponto de equilíbrio que mantenha o sistema, mas não inviabilize o orçamento do Governo”, ponderou Miguel.



Os deputados ainda visitaram o Hospital Geral da Polícia Militar e constataram alguns problemas como demora no atendimento. “O Sistema de Saúde tem uma importância gigante para o Pacto Pela Vida, porque diz respeito à saúde dos agentes de segurança pública que estão nas ruas. Iremos propor um projeto para viabilizar recursos e resolver esse gargalo”, adiantou Joel da Harpa, que preside a Frente Parlamentar de Segurança da Assembleia Legislativa.



Atualmente, o Sistema de Saúde Militar conta com três hospitais, no Recife, Caruaru e Petrolina. Segundo, o comando da PM existe a necessidade de construção de uma nova unidade em Serra Talhada para atender os policiais do Sertão central e Araripe. “Com a visita, os deputados puderam compreender melhor as dificuldades enfrentadas pela corporação, e podem nos ajudar a atender as demandas da sociedade e do nosso público interno”, explicou o coronel Pereira Neto, comandante-geral da PM.





Últimas Postagens

Visualizações de página

Facebook