Danilo Cabral, Paulo Câmara e Geraldo Júlio depositam flores nos túmulos de Eduardo, Arraes e Percol

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), depositaram flores, na manhã desta quinta-feira (13), nos túmulos dos ex-governadores Eduardo Campos (PSB) e Miguel Arraes, e do jornalista Carlos Percol, no cemitério de Santo Amaro, na área central do Recife. 

O 13 de agosto marca um ano da morte do ex-gestor e de Percol, além de outras cinco pessoas – Alexandre Severo, Pedro Valadares, Marcelo Lyra e os pilotos Geraldo da Cunha e Marcos Martins – em acidente aéreo no litoral de Santos (SP), durante a campanha presidencial de 2014. Há dez anos, neste mesmo dia, falecia Miguel Arraes.
Paulo Câmara afirmou que os eventos ocorridos em 13 de agosto de 2014 ainda estão muito vivos em sua memória. “Hoje é um dia de refletirmos sobre tudo que aconteceu. Temos que refletir, ainda, sobre o que Eduardo e Arraes queriam que fizéssemos pelo nosso Estado. Em um momento tão difícil para o Brasil, é importante lembrarmos dessas duas pessoas, que tanto trabalharam e que nos inspiram a continuar trabalhando por um Pernambuco melhor”, pontuou, após oração nos túmulos dos ex-governadores.

“Hoje também é um dia de homenagens a Eduardo e Arraes, e eu queria esse momento mais tranquilo e sereno para rezar por eles e por todos nós. A nossa lembrança está muito viva; tudo aquilo que Eduardo queria para o Brasil continua nos inspirando e nos emocionando. Eduardo era um grande amigo, uma grande pessoa e a saudade é muito grande. Mas a vontade de acertar é maior ainda”, afirmou Câmara.

Geraldo Julio, por sua vez, ressaltou a forte liderança que Eduardo e Arraes exerceram. “Pessoas que nos ensinaram a fazer política de verdade; uma política de frente para o povo e com o povo. Uma política que olha sempre para os que mais precisam, de forma honrada. Eles concentraram todas as suas energias para construir um mundo mais justo e com menos desigualdade. Também estou aqui como amigo dos dois”, salientou o gestor.

As homenagens a Eduardo Campos, Miguel Arraes e Carlos Percol seguirão durante toda a quinta-feira. Às 16h, no Palácio do Campo das Princesas, Câmara assinará decreto dando o nome de Eduardo Campos ao Instituto de Gestão de Pernambuco. Na ocasião, será afixada uma placa fazendo referência ao dia em que Campos deixou o Governo de Pernambuco para concorrer ao Palácio do Planalto. Às 20h, o chefe do Executivo pernambucano estará na missa em memória de Eduardo e Arraes, na paróquia de Casa Forte.

Antes, às 19h, os gestores cumprimentam a família de Carlos Percol, na Igreja dos Manguinhos, nas Graças, onde será rezada uma missa também às 20h. “Temos um grande carinho por Percol, uma figura amiga e muito admirada por todo mundo que o conheceu. Quem teve a oportunidade de conviver com ele, sabe que Percol era uma figura humana destacada. Todos os amigos dele se reúnem e nós estamos presentes”, lembrou Geraldo Julio, de quem Percol foi secretário de Imprensa.
Os gestores foram acompanhados pelos secretários estaduais Danilo Cabral (Planejamento e Gestão) e Mário Cavalcanti (Casa Militar), além do secretário de Governo do Recife e presidente estadual do PSB, Sileno Guedes.

Fonte: Blog da folha 
Últimas Postagens

Visualizações de página

Facebook