SITUAÇÃO DE SECA DEVE SE PROLONGAR EM PERNAMBUCO

quinta-feira, 19 de março de 2015

A situação de estiagem vivenciada pela maioria dos municípios pernambucanos deverá ser alongada pelos próximos meses. Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), as precipitações previstas o período compreendido entre abril e junho devem ser 40% menores que as habitualmente registradas. No mesmo período do ano passado, os índices apontavam uma previsão 30% inferior ao esperado.

Tradicionalmente, a média das precipitações paras os próximos meses é maior que as registradas no início do ano. "Os índices deveriam ficar entre 230 e 250 milímetros, em março, e chegar a uns 200, em abril. Já a média de janeiro é de 70, e a de fevereiro, de cerca de 100, em números aproximados. Por isso, na avaliação feita na época, eram previstas chuvas 30% abaixo do esperado. A situação não melhorou e, agora, esse percentual pode ser maior", disse o o gerente de meteorologia da Apac, Patrice Oliveira, ao jornal Folha de Pernambuco.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página