Egito bombardeia EI na Líbia para vingar decapitação de cristãos

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Aviões de combate do Egito bombardearam alvos do Estado Islâmico (EI) na Líbia nesta segunda-feira, horas depois de o grupo publicar um vídeo mostrando a suposta decapitação de 21 cristãos egípcios. De acordo com a a TV estatal, os ataques tinham como alvo acampamentos do grupo extremista, locais de treinamento de armazenamento de armas.

O país decretou sete dias de luto nacional, e os egípcios aguardam ansiosamente um pronunciamento oficial nesta segunda-feira, após a reunião de emergência do Conselho de Defesa Nacional realizada durante a noite, a pedido do presidente Abdel Fatah al-Sisi.

Em um discurso transmitido pela TV pública, Sisi afirmou que seu país se reservava o direito de responder da forma mais adequada à decapitação dos cristãos e prometeu castigar os responsáveis pelo crime.




Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página