Diretor dos Correios é condenado por usar a empresa para pedir votos para Dilma

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

O diretor regional dos Correios em Mato Grosso, Nilton do Nascimento, foi condenado pela Justiça Eleitoral pelo uso indevido do cadastro de funcionários da empresa em cartas com pedidos de voto à presidente reeleita Dilma Rousseff (PT).  As correspondências foram encaminhadas aos 1.700 funcionários da empresa no estado. "Pedi o seu voto em 2010 e conquistamos muito com isso [...] isso só foi possível graças ao seu voto para o governo do PT", disse o diretor, em um dos trechos. Em representação protocolada no Tribunal Regional Eleitoral, o sindicato dos servidores dos Correios denunciou Nascimento pelo uso irregular do banco de dados funcional da entidade. Em nota divulgada à ocasião, o diretor disse que enviou as cartas "na condição de cidadão", sem uso da estrutura da estatal e com recursos próprios. "A participação do profissional, como cidadão, nessa ou em outra atividade, fora do âmbito dos Correios e fora do seu expediente de trabalho, diz respeito à pessoa e não à empresa", disse. Ele afirmou que as informações sobre os endereços dos funcionários estão disponíveis no site dos Correios. O diretor foi condenado a pagar a multa mínima estabelecida pela Lei Eleitoral: R$ 5.000. Nascimento disse que irá recorrer da decisão. Informações da Folha.
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página