Greve dos bancários no interior de PE tem grande adesão da categoria

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

A greve dos bancários no interior de Pernambuco chega ao segundo dia nesta quarta-feira (1º). Em Caruaru, no Agreste Central, das 22 agências, 21 estão fechadas. A informação é do Sindicato dos Bancários de Caruaru, que aguarda ainda informações sobre a situação em outras cidades. “A nossa base conta com outras agências em Agrestina, Riacho das Almas, Sairé, Santa Cruz do Capibaribe, Taquaritinga do Norte e Toritama, mas os dados desses lugares não foram repassados até então”, pontua Rubem Soares, diretor Social e de Comunicação do sindicato.

Em Bezerros, Bonito e Gravatá, na mesma região, Marcílio Hosano, diretor do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, afirma que todos paralisaram as atividades e as 16 agências distribuídas nas localidades estão de portas fechadas. “A maior resistência ocorre com relação aos bancários de agências particulares, devido a possibilidade de demissão, mas a tendência é que mais funcionários participem do movimento”, comenta Hosano.

Já em Garanhuns e demais municípios do Agreste Meridional, das 31 agências, 20 estão sem funcionar. Os dados foram divulgados ao G1 pelo Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários (SEEB).
No Sertão, o levantamento ainda não foi concluído e o balanço só deve ser liberado nesta tarde. Na Mata Sul, em Palmares, a adesão foi total, segundo Bruno Maia, diretor da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Nordeste (Fetrafi).
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página