Suspeito de assassinar o promotor de justiça Thiago Farias Soares deixa o Cotel

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

O agricultor Edmacy Cruz Ubirajara, 47, suspeito de assassinar o promotor de justiça Thiago Farias Soares, no dia 14 de outubro de 2013, em Itaíba, Agreste pernambucano, deixou o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel) às 16h50min desta quarta-feira (18). Ele aguardava pela liberação desde a última terça-feira (17), no entanto, uma falha no sistema do Tribunal de Justiça de Sergipe impediu que a carta precatória, documento necessário para que o suspeito fosse solto, chegasse até Pernambuco. Na tarde desta quarta-feira, o documento chegou e ele foi liberado.

Edmacy Cruz foi reconhecido pela noiva do promotor, Mysheva Martins, que estava com Thiago na hora do crime, como o autor dos quatro tiros que mataram o seu noivo. O agricultor, que alegou ser inocente, já tinha um pedido de prisão preventiva decretado por ser suspeito de envolvimento em outro assassinato, ocorrido em 1999, na praia do Robalo, em Sergipe.  Por isso, no dia 16 de outubro, ele foi localizado e encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Edvardo Luna – Cotel, em Abreu e Lima.

Priscilla Aguiar/Folha de Pernambuco

Entretanto, o período previsto para a prisão cautelar de Edmacy expirou na última sexta-feira (13). Por este motivo, o Tribunal de Justiça de Sergipe solicitou que o Estado de Pernambuco autorizasse a soltura do suspeito. A ordem foi cumprida e Edmacy Cruz foi colocado em liberdade.
Fonte : Priscilla Aguiar Folha  de Pernambuco
Últimas Postagens

Facebook

Visualizações de página