Exame psicológico não reprova mais em concurso, sem justificativa formal

Candidatos não podem mais ser reprovados em concursos públicos devido à reprovação em exame psicológico e adjacentes sem justificativa formal. A medida passa a valer a partir de meados de dezembro de 2013, apesar de a legislação que a rege ter sido aprovada em julho do ano passado.

De acordo com a Lei 14.715/2012 (que alterou a de número 14.538/2011), além de ser obrigatório a justificar formalmente a respeito da reprovação nos chamados testes ‘psicotécnicos’, a instituição responsável pelo certame deve garantir a nova aplicação desse tipo de análise, a pedido do concorrente. A norma, de autoria do deputado estadual Pastor Cleiton Collins, passa por cima do edital de concurso.
Fonte: Blog dos Concursos
 
Surubim Notícia © 2011 | Desenvolvido Por Tiba Da Divulgamix | Contato (81)9646-4524