Senado vai receber Dilma em clima de tensão

Segundo os principais líderes de partidos que apoiam o afastamento definitivo, a ideia é tentar se ater, o máximo que for possível, a questionamentos técnicos sobre os crimes de responsabilidade pelos quais Dilma é acusada, como as pedaladas fiscais. A intenção é evitar provocações desnecessárias para impedir que Dilma pose de “vítima”.

O acerto dos senadores da base do presidente em exercício Michel Temer, porém, é que caberá à petista dar o clima do depoimento, uma vez que Dilma será a primeira a falar.

“Obviamente, se ela (Dilma) errar no tom, as nossas respostas serão no mesmo tom”, afirmou o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), que afinou a estratégia ontem em reunião com a presença de senadores do PSDB, DEM e PMDB e de outros partidos da base. “O nosso desejo é que tenhamos uma sessão respeitosa, civilizada. Não vamos fazer provocações, mas também não vamos aceitá-las. Qualquer tipo de provocação será confrontada,” afirmou Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) em entrevista à Rádio Estadão.

A avaliação de aliados de Temer é que a presença de Dilma no julgamento vai referendar a legalidade do processo, embora ela deva afirmar ao Senado que se trata de um golpe contra seu governo. (mais informações na página ao lado)

O Fariseu versus o publicano e a política Surubinense

O rumo que vem tomando a campanha política em Surubim faz lembrar uma conhecida história da Bíblia. Nela, os personagens são dois homens - um fariseu e um publicano - cujos caminhos se cruzam; sendo travada certa disputa sobre qual deles seria melhor que o outro.

O fariseu representava o típico religioso, dado às formalidades e hipocrisias do igrejismo de aparência. Se preocupava mais em parecer do que ser. Vivia rodeado de pessoas que continuamente massageavam o seu ego, com expressões do tipo: "Você é o melhor; é o mais humilde; o mais honesto..." e por aí vai. Enquanto que o publicano não passava de um homem que fazia o seu trabalho, sem maiores pretensões de vanglória.

Certo dia, os dois foram à igreja. O fariseu ficou de pé na calçada e gritava para todos ouvirem: "-Dou graças a Deus porque não sou desonesto como este publicano!". O publicano, por sua vez, limitou-se a dizer baixinho: "-Deus, tenha misericórdia de mim!". Nas palavras de Jesus, o publicano, e não o fariseu, foi considerado justo naquela ocasião.

Nos últimos dias, o tema honestidade deixou de ser apenas berros pelas ruas de Surubim para virar músicas de campanha e até adesivos distribuídos aos punhados. Alguém, através de seus porta-vozes [digam-se: contratados ], se autointitula "O Honesto". Porém, sem razões fáticas para pensar assim, vez que apenas uma, de suas 4 contas de gestão, é que foi aprovada.

Além disso, a pura razão nos ensina que agir com honestidade é dever de todo homem. Sendo que ninguém merece troféu por apenas cumprir sua obrigação. Ademais, quem tem poder para declarar alguém culpado ou inocente não é o grupo algum - que tem suspeição para isso. E sim, as autoridades competentes para tal. 

Enquanto o Tribunal de Contas e a justiça não se pronunciam a respeito de alguém, a militância  deve esperar. Autoproclamar-se honesto, antes do tempo, pode ser muito precipitado para qualquer candidato que ainda não passou no teste. Primeiramente, deve se esperar a aprovação das contas restantes e o desenrolar de outras situações, como o concurso público da prefeitura, ora suspenso pela justiça, após sucessivas polêmicas.A parábola bíblica do fariseu e do publicano, de forma inconteste, tem muito a ver com a política surubinense. Que as carapuças caiam nas cabeças que as couberem.

Irmão do Vereador Salatiel e morto em Toritama

De acordo com informações preliminares, Samuel foi baleado ao reagir a um assalto na manhã deste sábado na cidade de Toritama. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital regional de Caruaru, mas não resistiu. Seu corpo será velado na cidade de Surubim. Breve mais informações sobre o caso. 

Irmão Carlos Roberto recebe o carinho dos surubinenses pelo seu aniversário, nessa Semana.

No dia em que comemora idade nova, Irmão Carlos Roberto recebeu muitas homenagens de parentes e amigos em seu perfil nas redes sociais.
"O Irmão", como é conhecido pelos surubinenses, vem se destacando no cenário político, desde que assumiu o mandato de vereador pelo período de 6 meses, ano passado.
O Dia do Evangélico e a Semana do Ciclismo estão entre as realizações do ex-vereador que, como reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à população, recebeu o prêmio de Vereador Destaque de Surubim.
Este blog também aproveita a oportunidade para homenagear esse grande amigo dos surubinenses!

Documentário em relação a atual situação da Barragem de Jucazinho:


A Barragem de Jucazinho, localizada no Município de Surubim no agreste pernambucano, encontra-se com menos de 0,02% de sua capacidade total. Ela pode comportar 327 milhões de metros cúbicos água, nós quais eram abastecidos todos os municípios do agreste e cidades de grande porte do nosso estado.Ela atingiu o menor volume de toda sua história,surgindo em suas margem construções submersas com mais de 20 anos, que ainda tentam manter a intima sustentabilidade.

Em suas Margens, já foram um grande pólo atrativo de turistas, em diversos trechos encontrava-se os banhos, onde era muito frequentado, trazendo renda e emprego para moradores daquela localidade.No seu atual cenário, apenas os urubus vivem em tempos de fartura,desfrutando das carcaças de animais mortos, que viraram paisagem pela falta de comida e água. Sol forte e plantações destruídas são cenas cotidianas, que refletem um povo castigado pela seca.

Humberto volta a denunciar desmonte da EBC por Temer.

Líder do PT no Senado, Humberto Costa, criticou as intervenções do governo interino do presidente Michel Temer (PMDB), na Empresa Brasileira de Comunicação (EBC); segundo o senador, a gestão peemedebista iniciou o processo de desmonte da emissora e já estuda propostas para a extinção do órgão; governo Temer anunciou mudanças na grade TV Brasil, empresa que integra a EBC que foram questionadas pelo conselho curador; "O que a gente vê é, passo a passo, a tentativa de desmonte da EBC. Primeiro, eles tentaram ilegalmente destituir o presidente da empresa, Ricardo Melo, e depois tiveram que voltar atrás por determinação judicial. Agora resolvem mudar a grade sem ao menos conversar com o conselho curador. Isso só mostra o desapreço dessa gestão temerária com a comunicação pública", disparou

Fonte :Brasil 247
 
Surubim Notícia © 2011 | Desenvolvido Por Tiba Da Divulgamix | Contato (81)9646-4524